domingo, 3 de março de 2013

Árvore-ser






Uma árvore me lê com a clareza do seu verde. Minhas palavras perto dela viram poesia. Na natureza eu arvoreço rimas e acordo passarinhos. Viro bordadeira de encanto a cada linha que minha alma anima. Minhas palavras têm asas e voz, elas preparam voos. E o que as fazem voar são os sentimentos que levam nas pontas das asas. Arvoreci em palavras para descrever pontos de luz.

Meire Oliveira


8 comentários:

  1. Lindo arvorecer,Meire. Sempre maravilhosa! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. ÁRVORE-SER NO ALVORECER!
    É preciso Meire-ser ;-)

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  3. oi Minha linda,


    esse seu arvorecer,
    purifica o ar,
    brota,floresce e dá lindos e saborosos
    frutos...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  4. gostei dos texto, parabens

    também tenho blog de poesia, se possivel visite

    www.semente-terra.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. A árvore da vida nos dá frutos de serenidade e flores de alegria! Cuide bem da sua árvore!
    Beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  6. Bordadeira de encantos há muito já é, minha querida. Sabe usar sua sensibilidade para traduzir ideias e pensamentos. E ilumina. Bjs.

    ResponderExcluir

  7. Olá Meire queridoca,

    Lindo texto poético.

    Parabéns por ser estar mulher sensível e encantadora.

    Feliz "Dia Da Mulher"!

    Beijossssssssssssssss.

    ResponderExcluir
  8. Amiga. Um feliz dia internacional das mulheres para você e todas nós, que sabemos encontrar o sol nos dias de chuva. Beijos.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...