domingo, 26 de fevereiro de 2012

Ajustad(a)mente






Acho um desrespeito comigo mesma viver de acordo com o que esperam de mim. Sou escandalosamente autêntica e faço questão de que assim  seja. Opiniões contrárias e pessoas para achar ruim sempre vai haver, mas não desgasto o brilho que possuo com tentativas frustradas de ofuscação.

Gosto de me entregar de braços abertos pra vida, de me deliciar beijando o inesperado, de me apaixonar pela leveza todos os dias como se fosse a primeira vez que ela me faz voar, de pés no chão, mas pensamento solto no ar.

Acredito que agir com sensatez é caminho, mas se perder em seus próprios enganos também é. Andar constantemente em linha reta sem fazer curvas não tem a menor graça. Se eu não tropeçar nos espinhos como vou falar com propriedade da beleza das flores? Não falo das flores de plástico, mas das flores verdadeiras, das que carregam o perfume da transparência.

Me ajusto de acordo com meu ritmo, bordo encantos em asas de passarinho pra não esquecer que os carrego em minhas próprias asas.

Não quero ir onde a normalidade me manda, mas onde meus pés, descalços de peso, me levam.

Meire Oliveira




*Doce afago da Anne: http://menina-voadora.blogspot.com/2012/02/coracao-de-melao.html
ameiiiiiiiiiiii minha querida!!!! :)

31 comentários:

  1. Bravooooooooooooo...Aplausos!!!
    Lindo D+!!
    Faço parte dessa turma!!

    Tenha um Lindo Domingo!!
    Paz e Luz!!

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo e é assim mesmo que se deve pensar..Muito lindo! beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. A autencidade é muito importante!
    Temos que ser sempre sinceros e íntegros com nossos princípios e valores.
    Porém, pelos aprendizados que tive na vida, nem sempre quando somos 100% autênticos conosco e seguimos em frente, somos bem interpretados, ou melhor, podemos não nos comunicar claramente, podemos não ser vistos ou percebidos como desejaríamos, e isso pode nos trazer problemas de relacionamento. Digo isso por experiência própria, por muito sofrimento pessoal envolvido. Hoje em dia quando meu ser precisa ser sincero e agir de determinada maneira, eu procuro antes comunicar claramente o porque estarei agindo dessa maneira, quais os motivos que me levam a pensar e agir assim, para me fazer entender sem erros de interpretação ou julgamento.
    Minha intenção aqui não é polemizar, mas sim compartilhar algo que ao ler brotou em minha mente e precisei expressar.
    bjs Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderExcluir
  4. Belo querida! Autenticidade é uma virtude especial e imprescindível para ser livre e feliz.
    Seja sempre assim, graciosa, consciente da beleza em volta e com este coração do tamanho do mundo.
    Fique com Deus! Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  5. Meire,adorei seu texto!Tb gosto de andar em curvas de vez em quando!Para subir ladeiras fica mais divertido!...rss...arrasou,amiga!Bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  6. Ulálá!!!
    O MÁXIMO!!!
    MARAVILHOSO!!
    ENCANTADOR!!!
    Quais outros adjetivos, poderia eu usar?
    Inumeráveis!!

    Menina linda, você ARRASOU!!!

    Li sem pausas, alimentei-me de suas tão ricas palavras e saio daqui saciada.

    Um beijo enorme nesse coração lindo.
    És magnífica!!!

    ResponderExcluir
  7. Deixar-se levar e seguir a procissão é cômodo. Fazer as próprias opções é elogiável. Não somos o que desejam de nós, mas o que plantamos em nossos corações. E aí está nosso principal vínculo com a vida, a autenticidade.
    Esse merece alimento diário e saudável.

    Grande beijo

    ResponderExcluir
  8. Meire, muito bem! Assim é que se fala. O importante é quando você encostar a cabeça no travesseiro para dormir, sentir sempre a leveza da sua consciência. Seja você mesmo sempre.
    Beijos.
    Manoel.

    ResponderExcluir
  9. Olá amiga Meire. Estou de volta, depois de um período de descanso. Assim é a vida, com flores e espinhos. Lindo texto. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Meire,
    Como pessoas, somos criaturas de Deus, concebidas por amor, à sua Imagem e Semelhança para sermos felizes sempre. Seja sempre autêntica, mais importante do que agradar os outros é nos agradar.Uma ótima semana, bjo grande!

    ResponderExcluir
  11. Eu acho que autenticidade é algo maravilhoso que alguém pode ter... nem todos conseguem! Continue sendo autêntica e não ligue se alguém não concordar. Esse é meu lema... vivo pelo que eu acredito e não pelo que os outros desejam!

    Já gostei de vc tantão!

    bjks JoicySorciere => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  12. oi minha amada,

    visão límpida e transparente da vida...
    você foi perfeita,
    também adoro andar por onde meus pés me levam...
    sem trilha,sem regras,
    somente seguindo o coração...

    beijinhos,
    ah, você está escrevendo lindamente...
    sou sua fã!!!

    ResponderExcluir
  13. Bom dia,Meire!!!

    Puxa, querida...arrasou!!!Que belíssima escrita!!!!!
    Também não ser outra, que não eu mesma,é impossível agradar a todos...melhor cuidarmos em ser verdadeiras e seguir em frente.
    E se formos caminhar,como a maioria...bah!Estamos perdidas!!!rsrsr
    Hoje em dia a futilidade,a superficialidade andam em alta,além claro da falta de educação...uma tristeza!
    Beijos minha linda!!!!!Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  14. Meirqoquiha do meu coração.

    Eu tenho uma grave defeito...
    Eu procuro me explicar muito, mesmo quando estou com a razao;
    Coisa minha...
    E te digo...nunca atingiremos a expectativa das pessoas.
    Temos que nos dar pior satisfeito se atingirmos a nossa
    Cada um age com sua vivencia, com sua experiencia e com sua verdade.
    A vivencia do outro é sempre diferente do que a nossa.
    Dificil eles nos entenderem né?

    Vc ta certa...viva leve..de acordo do suas convicções

    O que as pessoas pensam a nosso respeito elas terão que resolver com elas mesmo, pq foge do nosso entendimento e tb não é nosso problema.

    beijokitas mil...amorzinho

    ResponderExcluir
  15. Concordo contigo minha querida anjinha, temos que ser muito fieis, muito honestas conosco, temos que parar te tentar nos enquadrar nas expectativas dos outros e seguir o que sente nosso coração.

    Eu desde sempre fui muito assim e sei que nem todos apreciam esse modo de ser e agir, mas sigo meu caminho, me sinto coerente comigo e não me arrependo de forma alguma, fico feliz de saber que o que quer que eu tenha "errado" ou acertado foi por minha própria escolha e responsabilidade.

    Doce semana querida, beijinhos
    Valéria

    ResponderExcluir
  16. Acho perfeita a sua colocação. Vivemos em sociedade, mas temos a nossa individualidade que temos de preservar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi Meirinha, também penso que a normalidade é muito chata, como você bem disse agir com sensatez é caminho, mas se perder em seus próprios enganos também é.
    Ás vezes pelos erros é que chegamos ao acerto, mesmo tropeçando e se ferindo em espinhos, afinal só assim se abrem trilhas, atalhos e também se descobre novas paragens.
    Beijos e linda semana!

    ResponderExcluir
  18. Muito bom seu texto. Vim através do blog da Anne Liere, gostei muito, já te sigo.Beijos

    ventosnaprimavera.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Linda menina, vim de lá do doce coração de melão, linda homenagem muito merecida a você que é um encanto e realmente uma pessoa muito doce aqui na Net, agora a tua mensagem está coberta de razão, ser o que realmente somos é sempre o melhor, cair e levantar faz parte do aprendizado, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  20. é isso doce Meire!

    adorei o texto!


    bjo grande...saudades....



    Zil

    ResponderExcluir
  21. Olá querideza,

    Ninguém consegue ser feliz vivendo para agradar os outros. Seja você sempre. Autenticidade é tudo.
    O lema é ser feliz e voar tirando os pés do chão.

    E falando em voar, fui lá ver a linda e doce homenagem que você recebeu. Você merece, fofucha.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  22. Belíssimo texto, de gente que é gente de verdade e vivencia com ternura todos os seus sentimentos.
    Amei!
    Linda semana para você
    Beijos minha flor!

    ResponderExcluir
  23. Meire, imagino a emoção ao se deparar com o carinho recebido no blog A Menina Voadora da Anne!!!

    Anne, Que homenagem mais linda para a Meire, em forma de verso!!!



    Fiquei super, super emocionada queridas amigas!!!
    As duas são muito especiais!
    bjs Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderExcluir
  24. Meire
    Meiga professora

    Que lindo texto.Autenticidade acima de tudo.É sempre estar com os pés no chão a receita de estar sempre bem consigo mesma.

    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Meire, querida!

    Antes de tudo... Sua escrita é excelente. Há tanta leveza, tanta poesia e tanta verdade em tudo o que dizes. Ler você é simplesmente uma delícia.

    Autenticidade é tudo. E sim, é preciso seguir o que queremos e fazer de nossa filosofia um caminho concreto e audacioso.

    Beijo grande

    ResponderExcluir
  26. Bom dia,Meire!!!

    Minha linda amiga tenha um ótimo dia!!!Obrigada!!

    ResponderExcluir
  27. Meirizinha,
    vc faz de qualquer tema terreno poético para o pensar e o sentir acerca de...Ter autenticidade reforça nossa caminhada,nos acertos e nos enganos que porventura ocorram.
    Delícia de momento, delícia de pausa, delícia de texto.
    Bjkas menina,
    Calu

    ResponderExcluir
  28. Olá, Meire, olha eu aqui de novo... que maravilha sua visita! Adorei seu comentário. Desejo que seja o primeiro de muitos outros... volte sempre!!

    Ahhh, vc tbem é camaleoa, então? rs... eu nunca fiz californianas, mas acho lindas!

    Sabe que estou com saudades das franjas, de novo! Mas, dá um trabaaalho!!!

    Obrigada...

    bjks

    ResponderExcluir
  29. Lindo esse Texto Meire..Parabéns..um dos melhores!!

    ResponderExcluir
  30. Oi, amiga Meire!
    Tem um selinho especial para você em meu cantinho.
    Deus te ilumine sempre!
    Abraços, com carinho,
    Angela

    nospassosdejesusamor.blogspot.com

    ResponderExcluir

Cartas de fora para dentro - carta 2

Quando pequena achava que só se nascia uma vez, mas quando cresci descobri que temos muitas vidas em uma. Que é preciso subtrair o p...