sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Alegria perfumada






Ah, o Amor! Nas calçadas da vida ele pula, vira pirueta e contagia. Em tudo o que faço quero colocar um pouco dele. Ele me guia. É meus olhos, minha cabeça e meu coração a pulsar. Posso lhe delegar muitas tarefas, pois sei que não irá falhar. Ele é uma criança que sabe usar também a razão. E porque não?  Ele também diz não quando necessário. Anda de mãos dadas com a Alegria, sem ela vibra descompassado. Com os dois juntos a decoração interna fica mais bonita, fica fácil entrar no clima. E todos merecemos ser feliz, sem culpa, sem medo. Felicidade autêntica, com a marquinha de um sorriso assinado em baixo. E feliz mesmo é quem não precisa provar por A + B que o é.
Pegue todos os resquícios do que te foi triste e deixe apenas os ruídos dessa bela dupla que sempre foram audíveis em ti. Não perca muito tempo cuidando da dor, alimentando-a. Tente, encontre dentro de ti o remédio para curá-la e deixar vibrar somente o mágico, puro e pleno Amor.




Tem gente que exala alegria e amor dos poros e deixa um suave e doce perfume no ar. O que chamo de alegria perfumada.









®Meire




Hoje tem céu meu lá na Chica.




 Pocketful Of Sunshine - Natasha  Bedingfield




quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Todo azul do céu





Em todo o céu me perco no azul,
me vejo em meio a nuvens brancas como algodão,
como é belo esse gigante e infinito blue.
Pode também alterar sua cor nos trazendo outra emoção.
Cada céu que chega é uma grande pintura
esse Artista é de  ímpar sabedoria,
cada um deles é de uma magia pura.
Sinto vontade de assobiar uma melodia,
pois me proporciona sempre uma singela alegria.
Mesmo em meio a nuvens que nos encobrem a vista
a esperança nos faz perceber que não importa o tempo
enxergaremos sempre o belo nesse ou naquele momento.
De perder o encanto de olhar todos os dias para cima não corro o risco
e para trazer mais doçura a esse céu coloquei junto a ele um belo Hibísco.




Adivinhem quem sou segurando a flor??  Brincando de fotografar. Adoro uma câmera! :)
Singela homenagem aos céus da Chica, nossa doce Joaninha, que posta um céu mais lindo que o outro. 


®Meire






 Marisa Monte  - O Céu


quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Afetos na janela





Todos temos muitas janelas em nós. E a cada batida que dão nelas, abrem-se de uma maneira diferente. Num brusco empurrão o vidro de uma das janelas pode balançar, mas não quebra se é feito de um material forte, aliás o melhor que existe: de Amor. De Amor Incondicional. Ao lado dessa janela tem outras duas, a da Esperança e a da Razão. Assim é, para que mesmo que haja terremotos e ventanias tudo fique em seu devido lugar. Pode mudar as cores, mas o material será sempre o mesmo. Será sempre o que cultivamos em nós. De todos os sorrisos impregnados nas laterais da janela, uns nos são mais caros, outros nos fazem até derramar lágrimas tamanha alegria que voltam a transmitir. As janelas mais lindas são aquelas que colocamos as rosas que brotam de cada afeto que pulsa em nós.
Abra as portas para deixar entrar todos os afetos enviados pelas estrelas cadentes, aqueles encharcados de brilho, dos pés à cabeça. Vamos deixar sempre frestas para a luz do Sol nos iluminar e nos trazer bem estar. E se os vidros de alguma janela embaçar, desenhemos um lindo coração com toda a doçura que há em nossos dedos. E mesmo que as paisagens das janelas não sejam as melhores ao menos cuidemos para que seu interior seja.


Abraça a vida, abraça a alegria, abre a janela mais colorida que há em ti, deixa ela brilhar e você sorrir.






®Meire










Beto Guedes- Paisagem Da Janela Lateral



terça-feira, 27 de setembro de 2011

Vamos nos permitir







Vivemos disfarçando tudo o que vai em nosso coração. Se sentimos vontade de dizer que amamos, nos seguramos, pois temos vergonha. Se queremos abraçar, guardamos esse gesto. "Mas o que vão pensar de mim?" Sempre pensam, as cabeças não param, mas muita vezes somos nós mesmos que vamos pensar e não os outros. Podemos ser nosso pior inimigo e nem estarmos cientes disso. Palavras foram feitas para serem ditas, braços para serem estendidos. Colos e ombros para serem ofertados. A vida foi feita para ser vivida, até a última gota que em nós se descortina. 
Só por hoje, permita-se. Permita-se rolar no chão de tanto rir. Permita-se encher a taça de sorvete de leite condensado sem sentir a menor culpa. Converse alto sem se preocupar em atrapalhar meia dúzia. Imite o canto doce e suave de um pássaro, na tentativa de na natureza dar um abraço. Fique em baixo do céu e sinta calma azul e a suave brisa seus cabelos tocar. Aperte o play da sua música favorita e sozinha com passos leves como os de uma bailarina tente flutuar.

Aproveita essa paz dentro de ti, essa brancura 
abre a janela, comemora a vida, se reinaugura!








®Meire






Nickelback - If Today Was Your Last Day




segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Enfeitando a vida








Resolvi deixar a vida linda, para isso irei enfeitá-la de muitas cores,
Um vestido lindo bordado do mais puro amor,
vou me permitir rir até dos dissabores.
Já colhi as flores no jardim para colocar atrás da orelha
Em seu cabelo colocar lírios de ímpar beleza
Pintar  seu rosto com um sorriso lindo,
mas daqueles que demorem para sair.
O olhar delinear com um brilho infinito,
para que todo mal ele possa subtrair.
No pulso um laço de afeto
daqueles que trazem  o que está bem longe pra mais perto.
Pôr um véu estampado de luz
que cubra todas as sombras.
Agora ela está linda de se ver,
linda de sentir,
linda de cantar,
linda de viver!






®Meire




*Hoje estou lá no Blog do meu querido amigo Cacá. 



 Lulu Santos - O Descobridor Dos Sete Mares



domingo, 25 de setembro de 2011

Da simplicidade




Tudo o que é forçado, cansa o corpo e a alma junto. Naturalidade  é  benéfica, as coisas simples são as mais lindas do mundo.  Não têm contra indicação. Ser natural está em aproveitar as oportunidades que a vida nos dá de presentear alguém com momentos bons ou simplesmente palavras de amor que pairam em nosso coração. A alegria em fazer alguém feliz é não planejar coisas muito grandes, mas sim cativar pelo simples que é mais belo ainda; Vê-se como exemplo o amor que não é um pote de ouro recheada de jóias, é um sentimento mais valioso que isso de uma simplicidade notória. Experimente tirar do bolso simples gestos: um abraço, sorriso, um sincero "Bom dia". São gestos rebuscados de pura amabilidade.
Buscar a felicidade em coisas grandes é perder tempo, pois pequenos momentos duram uma alegria feita de diamante.




Para ti fiz um bilhete que dizia: Sorria, sorria de corpo e alma, dá um sorriso e sente a brisa da vida beijar seu rosto, fazer cócegas em tua alma. Sente como ela é leve, quer dançar e brincar. Sente como o mundo muda de acordo com suas mudanças, simples assim e de uma formosura sem fim.

®Meire










Pato Fu e Érika Machado - Simplicidade



sábado, 24 de setembro de 2011

Emborboletada





Havia um reino onde todos estavam cansados uns dos outros. Tristes, olhavam sempre desconfiados para tudo, não tinham mais fé no ser humano, tinham desistido de confiar. Até que o mestre do reino vendo aquela situação lamentável resolveu que algo tinha que ser feito para que as pessoas voltassem a ser novamente uma grande família. Ele resolveu então criar uma Borboleta de alma encantada, que iria distribuir encanto onde quer que passasse. Num voo suave e delicadamente planejado a borboleta pousou naquele reino, trazia consigo um pó mágico chamado pó do Encantamento. A borboleta passeou pelo reino tentando jogar o pó de Encantamento nas pessoas, mas sempre que tentava todos conseguiam desviar. Enquanto ela estava tentando fazer seu trabalho o mestre ficou fazendo algo que há muito não fazia; ficou orando pra que Deus o ajudasse naquela tarefa de re-unir as pessoas. Até que no final do dia muito cansada a borboleta foi para junto do mestre explicar que não conseguira cumprir sua tarefa. O mestre ficou intrigado, pois vira duas pessoas fazendo algo que não via há muito naquele reino: estavam se abraçando comovidas. Como aquilo tinha acontecido se a borboleta de alma encantada não conseguira jogar o pó em ninguém? Ele passou a noite inteira pensando e chegou a conclusão de que Deus ouviu seu chamado. O Mestre Maior que criara a todos com a alma encantada, só que alguns esqueciam disso, esqueciam de confiar, de amar uns aos outros. O pó de  encantamento todos têm na alma. O mestre do reino entendeu que todos tinham uma borboleta encantada dentro de si, apenas estavam esquecidos disto. Esquecidos do quanto a oração não os aproximava somente de Deus, mas uns dos outros também.


Todos temos a alma emborboletada, é só deixá-la fluir.
É mágico, é lindo, é de um bem querer infinito.






®Meire








R Kelly - I Believe I Can Fly




sexta-feira, 23 de setembro de 2011

A palavra mágica é cuidar






Para que tudo esteja bem é preciso que cuidemos desse tudo. Cuidar é a palavra mágica do momento, a que traz luz e alento. Para que a nossa vida não fique estagnada na mesmice dos dias é preciso cuidado para fazê-la bela, leve e viva. Cuidar das relações que deixam uma semente em nosso coração, regando-as com respeito, apoio e compreensão. Também regar a vida e as relações com amor, pois esta é a fonte fundamental para que possamos cumprir bem nossa doce tarefa. Zelar para que nossas crianças não cresçam com valores tortos, privadas de amor e bons exemplos. Cuidar para que nossas atitudes prescrevam nossas palavras. Também do nosso interior, pois o que deixamos onde quer que vamos é o que lá corre. Sentir afeto por alguém está além de palavras, além de gestos, está além, muito além. E cuidando disso tudo, estaremos cuidando do maior presente que Deus nos deu: a vida. São de pequenos cuidados que nascem as maiores riquezas. 




Cuidar é amar tudo aquilo que faz parte de nós, de fora pra dentro e de dentro pra fora.



®Meire




**Hoje estou Primaverando lá no Bixudipé, olha a HONRA!!! 






Lulu Santos - Toda Forma de Amor


quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Canção primaveril





Das pequenas coisas brotará uma linda flor, simples no seu tamanho, mas imensa em seu significado.
Da  vontade de cantar todas as grandezas da vida, brotará uma tulipa;
Da amizade valiosa, brotará uma rosa;
Dessa paz branca e bonita, uma margarida;
Desse Sol que ilumina meus dias, um gigantesco girassol;
Da generosidade aprendida e divida, uma bela orquídea;
Da liberdade que trago em minhas asas de borboleta, uma linda violeta;
Do imenso horizonte de alegrias que há em mim, um bonito jasmim;
De de tanto saborear as pessoas, sentí-las e abraçá-las brotará a mais bela flor, o AMOR!
De todas essas flores me sinto cercada,
não é só em uma estação, mas em todas, 
pois minha alma é de todos os tipos de flor cristalizada.


Cresça, amanheça e que dentro de ti uma alegria perfumada sempre floresça.




®Meire


Haikais que ganhei respectivamente da Elisa T. Campos do Pintando Haikai e de seu sobrinho Cristiano Gomes: 


Aura perfumada
com o vai-e-vem das cortinas
flores de jasmim




Flores de Jasmim
copiosamente caem
no banco vazio


Adorei, abrilhantaram o início da primavera em meu coração!




Beto Guedes - Sol De Primavera



quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Do que banalizaram







Basta um sorriso, um carinho diferente pra que nos conquistem. É algo maior do que podemos explicar. E por que deveríamos explicar se é muito mais fácil sentir? Vivemos buscando explicação do que na verdade não tem. A cabeça já trabalha o suficiente todos os dias, por que não deixamos o coração fazer um pouco do serviço? Fizeram do "eu te amo" algo clichê, mas não o digo se não sinto por uma pessoa meu coração enternecer. Amor é sentimento puro, é o mais colossal, não podemos deixar que ele torne-se banal. Mas já banalizaram tantas coisas, valores, palavras. Dizer a alguém o quanto o ama e o quanto essa pessoa é importante para nós dizem ser clichê. Então sentir também o é! Pois não ter valor pra mim é você não agir pelo que vai em ti, é agir pensando no que vão achar e sempre acham alguma coisa.  Não vamos parar de sentir, parar de amar as pessoas porque nos acham piegas. Piegas pra mim é quem não sente. E eu sinto muito, mas sinto e sobre isso não minto.




Não me preocupo se às vezes pareço clichê, mas em ser verdadeira em tudo o que digo.







®Meire






Beatles - All You Need is Love


terça-feira, 20 de setembro de 2011

Um mar de rosas e espinhos







E quando eu não estiver bem que eu saiba encarar os espinhos e não fugir deles pois podem voltar depois e me rasgar com mais intensidade. Que eu não deixe eles me dominarem por muito tempo, só o suficiente para tirar os aprendizados necessários. Que eu saiba cuidar de mim.Que eu saiba a hora exata de descansar quando o cansaço bater à porta e nem tempo eu tiver de abrí-la e ele pular a janela. Que eu fique de cara com a dor e diga pra ela todo o mal que ela me faz, que eu dê um basta na hora certa, pois ela é má, mas eu sou muito mais esperta. E depois que ela sair correndo de medo da minha alegria, só ficará uma imensa vontade de entrar em mansa harmonia.


A vida não é um mar só de rosas, é um mar onde achamos espinhos também, mas temos que aprender a nadar por entre os espinhos sem que eles nos rasguem por inteiro. E nesse mergulho cair vestidos de esperança e não ter medo de beijar as rosas. 




®Meire




Nickelback - Hero





segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Do que vai pulsar









Contigo gosto de conversar
e sinto que tens um jeito diferente de me olhar.
Percebo que qualquer desculpa
é motivo para em mim esbarrar
o que deixa sempre meu coração
mais acelerado a palpitar.
Se vai nascer disso tudo 
algo além, não quero saber.
aproveito o que rola agora
o amanhã não importa.
Mina cabeça anda nas nuvens,
mas meus pés enraizados no chão,
mas também que não se planeja
o que vai sentir o coração.





®Meire






Vanessa da Mata - Amado



domingo, 18 de setembro de 2011

Essencial









Essencial é tudo aquilo que me agrega, tudo o que minha alma num susto pesca.
É abrir os olhos e enxergar um lindo sol, mesmo que esteja chuva do lado de fora da janela.
É o que me toca os sentidos, sempre belo jamais corrompido.
É andar de mãos dadas com a simplicidade, vestir um vestido florido de bondade.
É  tudo o que é por sua essência natural e em nossa vida tem um valor colossal.
É se importar mais em ter benevolência do que com a aparência.
É toda música que meu âmago chega a tocar, dando palavras a sentimentos que nem eu sei explicar.
É a voz da alegria resistir sempre a da tristeza quando ela quer ferir.


E me pergunto se há coisa nesse mundo mais bonita e especial do que ser para alguém  ESSENCIAL!



®Meire





Nando Reis e Cássia Eller - Relicário





sábado, 17 de setembro de 2011

Gentileza que ilumina








Se gritam ou brigam todos acham normal
Palavras de carinho viraram atos incomuns
percebo que a gentileza virou coisa banal
sendo grosseiro não se chega a lugar nenhum.


Vamos montar uma cartilha
de como ser gentil
e dela faremos partilha
em todos os cantos ela será útil.


Não acho que seja perder tempo
tratar a todos com delicadeza
essa bonita arte eu fomento
vem de dentro, traz fortaleza


A grosseria vencer a gentileza
deixa minha alma derrotada
gosto de ver beleza
também nos gestos, é o que me faz sentir mais iluminada.




Com o beijo da gentileza tudo fica mais aconchegante e bonito.



®Meire





George Harrison - My Sweet Lord




sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Essa gente fascinante








Inicia uma conversa rindo, inicia uma conversa cantarolando, ou até reclamando. Some e volta correndo. Vem todos os dias no mesmo horário, faz do meu coração um lindo relicário. Um dia era nada e passou a significar muito. Acho gente um ponto de interrogação fascinante. Entra em nossa vida não se sabe de onde e torna-se importante. E se fulana te lembra ciclana, tenha certeza que logo não mais lembrará, cada pessoa é única. Um singular beijo de Deus em nosso caminho, que chega para nossa vida açucarar. Esse ponto de interrogação desvenda-se ou não ao tocar-lhe com afeto. Mas quem tem esse poder? Uns sim outros nem tanto. Gente é sempre um encanto e a essa magia sou indefesa. Entram em minha vida e ainda saem fazendo coreografias bonitas que manifestam um amor sem fim. E mesmo que clichê eu possa parecer, gosto de ser cercada de gente, pois sempre têm tanto a me oferecer. Essa gente que deixa um pouquinho de si por onde passa, é a gente que eu gosto de graça!





®Meire


Aretha Franklin - I Say A Little Prayer For You





quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Demolindo muros







A consulta estava marcada há mais de um mês. A garota já estava acostumada, sabia que iria esperar horas a fio, lendo revistas antigas, com notícias de fofoca e nada de interessante. Estavam na sala de espera  mais três pessoas. Ficou observando cada uma. Um homem estava folheando uma revista e não olhava para mais ninguém e uma mulher fazia o mesmo, percebeu que uma segunda mulher sorria e conversava com a secretária. Logo a garota quis prestar atenção no papo, a mulher falava sobre sua sobrinha, de como gostava de criança, de como adorava conversar e contava piadas. Então ela não se sentiu mais desconfortável naquela sala fria, mas percebeu que as outras pessoas estavam incomodadas com a atitude daquela mulher tão sorridente e falante. Deviam estar achando espantoso alguém simpático conversando com alguém que nunca vira antes. 
A porta que dava para a rua se abriu e entrou uma mulher toda pomposa que não se deu o trabalho de tirar os óculos escuros, talvez não gostasse que as pessoas olhassem em seus olhos. A mulher simpática tentou puxar papo com ela, que nem deu atenção, mirou-a por trás das lentes com desdém, como se ela não fosse ninguém. Mas eu tenho cá pra mim que a mulher que conversava era mais alguém do que muitos alguéns que existem por aí. Não vi o que aconteceu em seguida, pois fui chamada à sala onde o médico me aguardava com seu já velho conhecido sermão e blá, blá, blá. Não estava interessada naquele papo, queria acompanhar o que acontecia lá fora. Quando sai, levei um susto com a cena que me aguardava: A mulher dos óculos escuros que agora estava sem eles dava boas gargalhadas com a outra alegre e falante. Não é que a alegria contagiou uma pessoa que parecia incontagiável. Que poder a simpatia e o aconchego têm, de derrubar muros. 


Há óculos escuros que escondem um olhar precisando de outro,
muitas vezes escondem por trás um coração cheio de amor, feito de ouro.






®Meire






Elton Jonh - Skyline Pigeon



quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Viagem além das páginas










Sou uma pessoa viajada. Desde pequena gosto de viajar. Já fui  a uma Terra do Nunca, País das Maravilhas e um  Sítio do Pica Pau Amarelo. Viagem essas que faço em meio a páginas de livros. Algumas viagens são tão excitantes e maravilhosas que fecho o livro só pra guardar a ansiedade dentro de mim e ter a certeza de que não vai acabar logo aquela euforia toda e que no próximo capítulo terei uma surpresa que há de me tirar o fôlego. E sempre há!
Tem dias que acordo com fome de alguns autores e sede de outros. Ontem mesmo tive fome de Caio Fernando Abreu e uma sede de deixar a boca seca de Clarice Lispector. Tive que correr à estante e achar algo deles para saciar-me. Se me senti satisfeita? Sou gulosa e me saborear de tais autores me deixa mais faminta  e sedenta ainda. Fui lendo, lendo e querendo mais. Corri para Martha Medeiros e me esbarrei com Lya Luft e minha fome só aumentou. Também encontrei Mário Quintana e Drummond no meio do caminho.
Quando estou me deliciando de leituras, entro em estado de encantamento. Não me mexo, não pisco e se faço algum movimento acho que é alguma palavra que pulou do livro em meu colo. E não é que elas pulam e me levam longe, bem longe.




Quando me dá fome de ler viajo nas letras.
E essa viagem sempre me traz  mais clareza.



®Meire






Patty Griffin - Long Ride Home







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...