sábado, 3 de setembro de 2011

Nostalgiando





Há dias que acordo com a nostalgia grudada em mim. Nesses dias qualquer música me leva à outros tempos, qualquer palavra me faz folhear livros com páginas amareladas as quais eram brancas e cheirosas não faz muito. Nesses dias me embriago de saudade, do início ao fim. Saudade do que foi e ficou lá atrás, mas que deixou rastros de poesia em meu peito. Deixo-me caminhar dentro desse baú de lembranças que dançam em minha cabeça ao som de Renato Russo: "É preciso amar, ah, ah..."  Me disseram que não devo ficar muito tempo por lá, mas fico o suficiente para me deliciar, afinal lembranças foram feitas para lembrar.
É como fechar os olhos em meio ao sol, e, apesar deles estarem fechados, sua visão fica clara com toda a luz que irradia de fora pra dentro, mas uma hora tenho que abrir os olhos pra enxergar o sol real, o que está aqui, o que brilha de dentro pra fora.


Meu coração nasceu assim: como um disco de vinil rodando na vitrola, toca melodias antigas com harmonias novas.







®Meire








Carpenters - Yesterday Once More



26 comentários:

  1. Essa nostalgia não faz mal algum e ainda é inspiração para textos como o seu (rss). Lembranças fazem parte de nossas vidas. Seria horrível viver sem passado. Elas, muitas vezes, nos fazem rir e até mudar de caminho.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Amiga, só posso dizer que tudo é lindo e delicado. Belas lembranças que mechem com o coração da gente. Isso é amor, como diz a bela canção de Renato Russo que tanto adoro. Bjokitas mil e master fadinha! Vc também mora no meu coração... Lindo fim de semana!

    ResponderExcluir
  3. Aiiiiiiiiiiiiiii haja coração!
    Haja nostalgia para quem já está nostálgica até demais esses dias!!!!
    Quer acabar comigo amigo amiguinha?
    Que lindo!!! E que música!!! Renato Russo e Carpenters...a música me faz voar no tempo....recordações....
    voltar no tempo....

    Virando essa página, pois hoje tô demais, vim aqui te convidar para dar seu depoimento em forma de entrevista para o projetando pessoas, topas??? Estou organizando as postagens das quintas-feiras de setembro e de outubro, e sua participação me trará uma enorme alegria! Quer que eu te envie as perguntas ou vc já as conhece? Pode me encaminhar as respostas para Projetandopessoas@hotmail.com?
    estou aguardando.....bjks repletas de carinho
    Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderExcluir
  4. Que lindo esse seu coração, que lindas melodias ele toca.

    Beijos, Meire!

    ResponderExcluir
  5. Oi Meire,que doce nostalgia a sua, coisa boa relembrar e ouvir música.
    Linda sua frase e a música dos Carpenters
    Beijos e um ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  6. Meiroquinha..minha linda..

    Tem dias que fico assim também.. viajo a lugares secretos dentro de mim..

    Gosto as vezes de ficar introspectiva.. EU COMIGO..

    Depois volto revigorada.

    Um beijinho..como vc diz..mega..hiper..master ..super no seu core que é só carinho....

    Vc continua Anjinho Pop...

    Lindo final de semana a vc...

    Beijinho...te amo!!

    ResponderExcluir
  7. Meire,adorei seu texto com tão boas recordações e a frase final do disco de vinil foi muito inspirada!Ficou lindo!Bjs,

    ResponderExcluir
  8. Meire amo ficar aqui voando nas tuas asas cheias de nostalgia e doce poesia...

    Desejo-lhe um setembro perfumado de primavera!

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. hummm... ultimamente a nostalgia tem tomado conta de mim...

    e ando muito sensivel... como dia uma certa musica "até beijo de novela me faz chorar"...rs...

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Viagem digna de aplausos, lírica, poética, simbolizando esta dança do dentro e fora.
    Bom final de semana.
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Realmente há momentos em que nos pegamos a lembrar de um tempo que se foi.. e como às vezes nos faz tão bem, mesmo que por vezes nos cause uma certa tristeza. Momentos vividos e que contribuiram para a história de nossa vida.

    Um beijo em seu coração Meire!

    Verinha

    ResponderExcluir
  12. Ahh Meire, quando uma canção nos toca o peito, quando as lembranças remexem o coração, pode passar o tempo que for, ainda que sejam interpretadas por novas pessoas, terão a mesma magia que a primeira vez!!
    Abração!!

    ResponderExcluir
  13. Meiroca, minha princesa
    Esse verbo eu mais que conheço, eu o pratico sempre. Sou hiper nostálgica, gosto de lembrar e relembrar. Afinal, tivemos bons momentos pra quê??? E, como a saudade, é um resgate pleno daqueles que amamos e já se foram, e só podem estar presentes, juntinhos de nós, quando nostalgiamos... Falando nisso, nada como lembrar de uma boa vitrola, tocando um disco de vinil, de preferência ao som de Renato Russo, Carperters, Beatles... São tantas emoções!!! :) Ah, velhos e bons tempos, que a gente era feliz e sabia. Amore, amei esse texto, um dos melhores que já li de sua autoria (acho que falo isso em todos os seus textos... hehehehe....). Mas já te digo: me aceite como sua representante editorial.... Vamos lançar uma edição supimpa de seus escritos... Best seller, rompendo a casa do milhão!!! Te amo! Não se perca de mim, não desapareça...Bjkas acholatadas, com sabor de licor!!!!

    ResponderExcluir
  14. Querida amiga

    As canções tem este poder,
    nos fazem viajar
    ao mais íntimo de nós...

    Viver é sentir os sonhos
    com o coração.

    ResponderExcluir
  15. Meire, adorei a metáfora com o sol!
    Realmente, nostalgia é muito gostoso, tem o poder de nos transportar...

    Adorei; abração,

    Rodrigo Davel

    P.s.: Meire, querida, lhe enviei um e-mail, fazendo-lhe um convite; recebestes?

    ResponderExcluir
  16. Meire amiga querida,
    Também eu, muitas vezes, me vejo pensando em lembranças do passado. Vem à mente fatos agradáveis e, alguns até desagradáveis, os quais eu deixo rapidamente de pensar, porque para boba eu não sirvo (risos).
    Seu texto faz-me lembrar destes momentos que eu fico "fora da casinha",
    olhando para algo e vendo outras coisas.
    Gostei de seu relato.
    Um super beijo e um findi legal para você.
    Maria Paraguassu.

    ResponderExcluir
  17. Olá,Meire!!

    Linda esta nostalgia!!Tem dias que ela nos toma...e não tem outro jeito, relembramos, rimos, as vezes choramos...mas nunca de tristeza, mas de emoção, de felicidade por ter passado por tantos bons momentos!!
    Comigo é assim...Nunca quero voltar no tempo...gosto de recordar e sou grata por cada momento!
    **Nossa, meu dia foi corrido!!A feira de ciências do meu filho estava ótima!!mas não estou acostumada com tantas crianças falando ao mesmo tempo!!! Fiquei tonta!rsrsr Deus abençõe as professoras!!
    E depois aproveitamos o dia de sol para passear e comprar calçados para os filhos!!
    Beijos minha linda!!
    Obrigada!!!!

    ResponderExcluir
  18. Oi Meire agora sei porque você tem um coração tão especial foi porque nasceu como um disco de vinil rodando na vitrola, toca melodias antigas com harmonias novas. Lindo querida, combina contigo e com tudo que escreves tão lindamente no teu Blog. Um final de semana com muita harmonia nas melodias que tocas.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  19. Nostalgia, tá aí uma palavrinha mágica para que fujamos um pouco do mundo para dentro de nosso próprio lugar em um tempo dentro de nós... Obrigado pela reflexão, saio em estado de graça nostálgica daqui...
    Abraço querida!!!!

    ResponderExcluir
  20. Que lindo, Meire. Fico encantada com o que escreve. Recordar é sempre saudável, embora possa ser, eventualmente, melancólico. Voltar à realidade é o esperado sempre, já que vivemos no HOJE. Beijos, amiga querida e do coração.

    ResponderExcluir
  21. E essa nostalgia "grudada" na gente, às vezes pode ser tão boa, não é menina? :)

    Afinal, mais hora, menos hora, ela sempre chega, pois faz parte da vida.
    Temos sempre que tratá-la com carinho, e dar-lhe as honras da casa.
    :)

    Super beijo, pra você, garota.
    Tenha um abençoado domingo.

    PAZ & BEM!

    Cid@

    ResponderExcluir
  22. "Meu coração nasceu assim: como um disco de vinil rodando na vitrola, toca melodias antigas com harmonias novas."

    Adorei isso! *-*
    Beijo linda e bom fim de semana!


    http://maanuscritoo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  24. sabe que eu gosto de momentos assim..
    relembrar é muito bom..
    beijos querida linda!

    ResponderExcluir
  25. Hum e a vida é e vai ser uma eterna nostalgia .

    Beijos - bom domingo :)

    ResponderExcluir
  26. Sempre me pego nostalgizando por ai .. ain essa vida que parece gosta da nostalgia, nunca vi isso!

    Um beijo!

    ResponderExcluir

Experienciar para poder conectar

É preciso sentir, é preciso pulsar. É preciso viver, experienciar. A vida implora a necessidade do mergulho em cada processo. Por...