quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Demolindo muros







A consulta estava marcada há mais de um mês. A garota já estava acostumada, sabia que iria esperar horas a fio, lendo revistas antigas, com notícias de fofoca e nada de interessante. Estavam na sala de espera  mais três pessoas. Ficou observando cada uma. Um homem estava folheando uma revista e não olhava para mais ninguém e uma mulher fazia o mesmo, percebeu que uma segunda mulher sorria e conversava com a secretária. Logo a garota quis prestar atenção no papo, a mulher falava sobre sua sobrinha, de como gostava de criança, de como adorava conversar e contava piadas. Então ela não se sentiu mais desconfortável naquela sala fria, mas percebeu que as outras pessoas estavam incomodadas com a atitude daquela mulher tão sorridente e falante. Deviam estar achando espantoso alguém simpático conversando com alguém que nunca vira antes. 
A porta que dava para a rua se abriu e entrou uma mulher toda pomposa que não se deu o trabalho de tirar os óculos escuros, talvez não gostasse que as pessoas olhassem em seus olhos. A mulher simpática tentou puxar papo com ela, que nem deu atenção, mirou-a por trás das lentes com desdém, como se ela não fosse ninguém. Mas eu tenho cá pra mim que a mulher que conversava era mais alguém do que muitos alguéns que existem por aí. Não vi o que aconteceu em seguida, pois fui chamada à sala onde o médico me aguardava com seu já velho conhecido sermão e blá, blá, blá. Não estava interessada naquele papo, queria acompanhar o que acontecia lá fora. Quando sai, levei um susto com a cena que me aguardava: A mulher dos óculos escuros que agora estava sem eles dava boas gargalhadas com a outra alegre e falante. Não é que a alegria contagiou uma pessoa que parecia incontagiável. Que poder a simpatia e o aconchego têm, de derrubar muros. 


Há óculos escuros que escondem um olhar precisando de outro,
muitas vezes escondem por trás um coração cheio de amor, feito de ouro.






®Meire






Elton Jonh - Skyline Pigeon



31 comentários:

  1. A alegria, e o bom humor, são mesmo contagiantes.
    Graças a Deus!


    * Meire, quanto àquele outro assunto... te desejo toda a sorte e felicidade do mundo, colega!...;-)

    PAZ & BEM!

    Super beijo,

    Cid@

    ResponderExcluir
  2. Os óculos escuros escondem-nos e assim sentimos uma protecção. Os olhos são o espelho da alma =)

    beijos**

    ResponderExcluir
  3. Meire,

    Coisa boa ler você! "Há óculos escuros que escondem um olhar precisando de outro," Isto é seu olhar de gente imensa!

    Sorriso e girassóis no seu dia.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. oi minha florzinha,

    como é bom poder voltar a te ler,
    e receber todo esse amor e essa alegria contagiante que você tem e que ultrapassa qualquer lente,
    por mais escura que seja,

    obrigada por todo seu carinho
    desses últimos dias...

    beijinhos te adoro muito!

    ResponderExcluir
  5. Meire querida, quase fiquei triste porque achei que não ia saber o final da história, adorei ver que a alegria e a simpatia venceu no final.
    E assim é com tanta gente não?
    Beijos e um dia iluminado pra ti!

    ResponderExcluir
  6. A mulher de óculos deve sofrer muito por não conseguir demonstrar seus sentimentos. Gostei do final, pois atrás dos óculos estava o amor que foi revelado com ajuda da alegria. A alegria e o amor derrubam qualquer barreira, Bjs

    ResponderExcluir
  7. Sei não viu Meire,mas acho que essa flante e alégre aí era minha mãe... Hahahahahahahahhahahaha.

    ResponderExcluir
  8. Oi Meire
    Essas observações são interessantes.
    Quando as pessoas se encontram e nenhuma sabe o que vai na alma da outra. Observa-se ,deduz-se e muitas vezes até julga-se.
    As vezes surpreendemos com situações inversas .
    A descontração esquentou o coração de quem parecia fria.Gosto também de entender o comportamento e observar.
    E gostei do resuminho :óculos escuros escondendo um olhar carente.Foi exatamente assim,o que pareceu-nos rs
    um abraço Meire
    e um belo dia pra voce.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Meire
    Às vezes o que parece não é. Leva algum tempo para aproximar-mos um do outro. Seu texto fala do dia a dia das pessoas nos consultórios da vida.
    Excelente.
    E o que o Elton canta é como você,
    a pomba que sobrevoa terras distantes deixando o seu brilho em cada jardim,e como nós em busca da liberdade para espalhar nossos sonhos.

    Beijusss

    ResponderExcluir
  10. Bom dia,Meire!!

    Lindo texto querida!!!Acredito sempre no poder do bom humor,claro as vezes tem exceções...rsrsr
    Mas se não tentarmos quebrar o gelo...jamais saberemos!! Gosto muito de conversar...(nem se nota né?!rsrsr) Mas com algumas pessoas sou bem reservada...sabe aquelas que são fofoqueiras de plantão?Que usam tudo que você diz de forma distorcida?!!Pois, é por aqui...bairro pequeno...fico na minha e não converso muito.Só um olá e um sorriso,(de longe...rsrsr).
    A gente aprende...
    Mas amo trocar idéias...e sempre que surge uma boa oportunidade!!Ah!!Aproveito!!rsrsr
    **Gosto da Lya Luft, além de ser uma excelente escritora ela é muito simpática! Ela comprou um carro, na revenda que meu marido trabalha, ele ficou encantado com a simpatia!!Pena que não tinha nenhum livro para pedir um autógrafo!!rsrs
    Beijos minha querida!!!

    ResponderExcluir
  11. Que lindo Meire.
    Eu tenho uma mania, que um amigo meu acha demais, quando vou conversar com alguém e no momento estou de óculos escuros, os tiro, pois não sei conversar sem ser olhos nos olhos.
    Acho de tamanha importância esse encontro de olhares, a gente se mostra, se revela e tudo fica mais fácil.
    E ser contagiada é bom por demais.

    Amei te ler!!!
    Beijos com carinho enorme no teu ♥

    ResponderExcluir
  12. Que legal e a alegria faz muito bem e contagia!beijos,chica

    ResponderExcluir
  13. Meire, tuas palavras são um encanto de simplicidade e verdade! Gosto demais dos teus textos, todos eles com algo especial.
    E, realmente, os óculos, as roupas, o salto alto e enfim, tantas são fantasias que escondem alguns reais desejos e necessidades.

    Saudades daqui!
    Obrigada pelo teu carinho, te quero sempre passeando lá no meu cantinho!
    Um mega beijo em ti!
    DEUS te guarde com paz.
    *:

    ResponderExcluir
  14. Meirokinha linda!

    Adorei seu texto, como sempre...

    A alegria é como luz que invade os corações muitas vezes impenetráveis...

    Beijos meus

    ResponderExcluir
  15. Perfeito, em primeiro lugar não devemos julgar as pessoas pelas aparências... segundo muitas vezes o que achamos tímido é o mais extrovertido, é o que faz a diferença onde chega....
    bjs Giovanna

    ResponderExcluir
  16. Às vezes a pessoa está pecisando, tão somente, de um empurrãozinho, para se abrir. E nada melhor quem um sorriso, uma pequena manifestação de alegria, para romper as barreiras.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  17. Há mistérios nessa vida que a gente um dia há de saber...
    Adorei o texto, amor!
    Tuas palavras encantam!

    Beeeeijo.

    ResponderExcluir
  18. Quanta verdade! Nem sempre acertamos nos nossos julgamentos. Pessoas são mistérios e nem sempre transparentes.Como sempre teu texto é instigante e passível de reflexão.
    Um forte abraço querida.Muita luz no teu caminho. Eloah

    ResponderExcluir
  19. Olá Meiroca linda,
    Que poder tem um sorriso! Se você quer desarmar uma pessoa basta sorrir para ela. É simplesmente contagiante, assim como a alegria.
    As pessoas de alto astral tem uma luz que funciona como um imã. Atrai as outras pessoas.
    Não custa ser simpático e carregar um sorriso nos lábios, não é verdade?

    Minha linda,
    Está tudo bem. Só que estou atolada de pendências para resolver e não haverá tempo para me dedicar ao
    blog.
    Beijokitas, com muito carinho.

    ResponderExcluir
  20. Oi flor! Adorei ler mais este presente que vc nos proporciona a cada instante! Parabens!
    Beijocas e abraços carinhosos!

    ResponderExcluir
  21. Preciso dizer que mais que concordo com você? ;)
    Uma linda noite, Meire!
    Com muita paz, tranquilidade e bons sonhos! :)

    Um beijão pra você!

    ResponderExcluir
  22. Meire,
    vim agradecer sua visita, volte quando quiser as portas são sempre aberta lá falamos de livros e às vezes da vida.
    abs
    Jussara

    ResponderExcluir
  23. Oi Meire!
    Que texto maravilhoso!
    Um final revelador! A alegria é contagiante e na hora certa opera milagres.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  24. Oi minha querida...que belas palavras...fantástico ver como a alegria, o bom humor, a abertura de mente derruba muros, toca a alma do outro, contagia...
    Doce noite minha querida e ...quanto ao que leu no meu blog... você está certíssima, é uma pessoa linda demais, com uma maturidade que impressiona... siga sempre e tão somente o que pede o seu
    coração minha flor...
    Beijinhos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  25. Ei Meire!
    Adorei a postagem. Ótima!
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  26. Pura verdade!
    Quantas pessoas se escondem em óculos escuros, em si mesmas, em sua individualidade ou arrogância.
    Excelente escolha amiga!
    bjs Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderExcluir
  27. Meire, obrigada pela carinhosa visita. Estou correndo agora, mas eu volto , viu?
    Muitos bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  28. Meiroquinha..adorei sua cronica.

    As vezes as peoas se escondem delas mesmas.
    As vezes são timidas...as vezes inseguras..

    E as vezes nós mesmos temo o habito de julgar..nossa mente, nossos pensamentos nos levam a lugares tenebrosos..rsrs

    Um bejinho minha lindinha...

    ResponderExcluir
  29. Deixei algumas palavras pra você no link que me deixastes lá no rabiscos.
    "Rabiscos Para Você"....mágico.

    Que coisa boa, que presente lindo ter encontrado você nesse mundinho encantado da blogosfera.
    Feliz em tê-la entre meus amigos, muito feliz.

    Beijos de ♥ pra ♥ e uma noite de muita paz pra ti.

    ResponderExcluir
  30. Bom alvorecer!
    Minha bonequinha de porcelana,vc sabe comandar o universo muito bem...são essas coisas que me faz ser uma admiradora de coração aberto,que já escancarou geral,kkkkkkk,
    menina do céu!
    Seu texto de hoje me fez recordar um capitulo que li no livro Mulheres de Aço e de Flores,chama-se SOLIDARIEDADE...se não leu,por favor,me faça essa leitura e faça o comentário.Porque todas as vezes que quero me abastecer,vou lá só para ler esse capitulo...é sensacional,é fantástico...não deixe minha linda...
    bjssssssssssssss

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...