sexta-feira, 8 de julho de 2011

Afinando as cordas



Como violão tem hora que ficamos desafinados  É nessas horas que  ficamos dando voltas somente fora de nós, sem querer encarar o que está passando no nosso íntimo. Nada faz sentido, nem o próprio sentido. E buscamos desordenadamente algo para nos colocar de cara com ele. Saímos vagando a procura de um diapasão que nos afine. E ele só poderá ser encontrado dentro de nós, só com ele vamos conseguir melhorar nosso som, nossa música.


 Fico brincando com as cordas do violão desafinadas e a cada batida que tento fazer meus ouvidos gritam, não adianta teimar se eu não afinar não irá sair um som agradável. Resolvo dar um pulo bem alto e quando ponho meus pés no chão o diapasão pula do bolso, ele estava ali o tempo todo! Acho que ele estava brincando de esconde comigo ou era eu que estava me escondendo dele?


®Meire


                                                                 
Foo Fighters - Times Like These (acoustic)



25 comentários:

  1. Pior que passamos a vida inteira afinando essas cordas. Quando pensamos que a música já está composta, mudamos nossas direções e vemos que é hora de recomeçar.
    Esta é a melodia da vida! (rss)

    Bjs e obrigada por seus tão carinhosos comentários.

    ResponderExcluir
  2. Sempre temos que afinar algo em nossa vida!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Bela canção em forma de texto... dedilhar as cordas das nossas vidas é verdadeira maestria!!!
    Beijinhos!! Ótimo final de semana!!!!

    ResponderExcluir

  4. Afinar as cordas é um processo de limpeza das mais necessárias. Poeiras e tracas vao se amontoando sem a gente perceber.

    A música que compomos é um mote forte pra cunhagem da vida.

    Tudo tao pequeno nesse texto, mas absolutamente significante, adorei compotinha do core!!

    # hoje tem novidades no CP pro cês.

    Vou deixar a mesma frase pro cê:

    "You have made my life complete,
    And i love you so!" (Love me tender, Elvis)

    ResponderExcluir
  5. Olá amiga querida. Quando a vida desafinar, é hora de voltarmos para dentro de nós mesmos. Obrigada, Meire, pelas lindas palavras deixadas no Arca e pela autorização da postagem. Beijos e obrigada sempre por sua amizade.

    ResponderExcluir
  6. Meire,
    Sempre temos de estar em constante afinação para que as cordas não se arrebentem e não cheguemos a nos dar conta depois de todas arrebentadas!
    É uma auto-avaliação que devemos fazer sempre!
    Amei a imagem,Querida!
    Um beijo e um dia lindo pra ti.

    ResponderExcluir
  7. Afinar as cordas requer uma certa dose de coragem, as vezes a gente se acostuma com aquele som desafinado mesmo, se acomoda e deixa estar...

    Ah, essas cordas da vida...

    ResponderExcluir
  8. Meiroquinha... às vezes puxam tanto nossas cordas né... ficamos esticadinhos a ponto de se partir. Dai aparecem pessoas com mãos boas, que nos sabem de cor.. coloca-nos no ritmo, afinam nossas alegrias e a melodia de uma amizade, de uma amor, acontece...

    Nessa sinfonia da vida temos nosso maestro Deus e nosso diapasão dentro do peito...quando ambos estão em harmonia, o espetáculo acontece!

    Coração gigante esse seu viu! adoro tanto!

    Um beijo, querideza de gente!

    ResponderExcluir
  9. Às vezes demora um pouco encontrarmos o nosso tom certinho. Uma afinação perfeita é que é o ideal. Ótimo fim de semana, Meire! Paz e bem.

    ResponderExcluir
  10. Bela analogia Meire!
    Um beijo em seu coração e um ótimo fim de semana para você!

    ResponderExcluir
  11. Meire,Lindeza
    tem selinhos pra ti lá no blog,caso quiser fica a vontade para pegar
    http://evidentesselinhosemimos.blogspot.com/2011/07/eu-demoro-mas-eu-atualizo-e-repasso.html
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Ai amiga,

    você sempre com esses textos profundos.
    Eu tô sempre tentando afinar o meu violãozinho cor de rosa.
    Mas nem tudo são flores, no balanço da canção a gente tem que seguir o ritmo e não deixar a melodia perder o ritmo.


    Como na vida!

    UM BEIJOOOOOO

    ResponderExcluir
  13. Meiroca, minha linda Compotinha de Caramelo

    Esse texto é aquele que puxa as orelhinhas da gente da forma mais carinhosa e branda, mas não deixa de dar o seu recado: da necessidade de fazermos constantemente nossas autoanálises, que se consubstanciam nesse "afinar de cordas".

    Enfim, você está certíssima, mais uma vez, meu Anjo de Guarda de Cristal Lilás!!!Seja com a gente mesmo, seja com ajuda de um terapeuta, seja através de nossos papos com aquele Cara lá de cima, seja com ótimos amigos, temos que desabafar, e conversar, e receber críticas e feed-backs, pra sempre termos o violão de nossas vidas o mais afinado possível.

    Parabéns mais uma vez, sweet Meire, por esse brilhante recado que vc nos enviou através de um sentimento muito nobre: o amor!

    Bjkitas em suas bochechas!!! ;)

    ResponderExcluir
  14. Pois é, como um violão as vezes ficamos desafinados, infelizmente... Mas é a vida né, altos e baixos!

    Muito bom o post. (como sempre!)

    Beijoo

    ResponderExcluir
  15. "O que você não sabe nem sequer pressente
    É que no peito dos desafinados
    No fundo do peito bate calado
    Que no peito dos desafinados
    Também bate um coração"Tom Jobim

    amei seu texto!!!!

    me lembrei dessa música que eu amo...

    que bom que vc gostou da música do blog ...fico feliz...

    deixo um grande beijo e todo meu carinho pra vc....pessoa lindAAAA!

    Zil

    ResponderExcluir
  16. Feliz com seu violão,
    Não o deixe desafinar
    A música é sua paixão
    Que, assim, possa continuar,

    Desejo-lhe um final de semana muito feliz. Sempre com seu violão.
    Eduardo

    Me desculpa, esquecia de dizer que gosto muito do seu blog.

    ResponderExcluir
  17. Às vezes não entendemos nem a nós mesmos quanto ao nosso descompasso com a vida. Não sabemos se é desânimo, deslocamento, solidão ou indecisão, só sabemos que enquanto não dermos um passo à frente, nada sairá do lugar.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  18. Meire,
    As cordas vez ou outra desafinam mesmo. Nestes momentos temos que buscar o diapasão em nosso interior, caso contrário poderá ocorrer prejuízo na orquestração.
    O importante é acharmos logo o tom correto para recuperar a harmonia da melodia.
    Beijos, lindeza.

    ResponderExcluir
  19. certamente um texto certeiro linda Meire..
    nos apercebermos disso é fundamental..
    beijos linda!

    ResponderExcluir
  20. Adorei esse post Meire, essa analogia ficou perfeita, passamos a vida tentando "afinar" tantas coisas e nem sempre conseguimos o tom ideal...Vc trocou a sua foto, eu já estava tão acostumada com aquele rosto amigo...rs

    Hoje eu estou aqui também por outro motivo além de apreciar seu blog, estou precisando do apoio dos amigos para votarem na minha poesia no link…
    http://ostra-da-poesia-as-perolas.blogspot.com/
    No final da página você põe o nome da poesia e o nome da autora:Poesia: Época boa de Paula Moraes…Me ajuda please? Se tiveres mais de um blog e podes dar mais de um voto...
    Obrigada.
    Bjs e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  21. Sensacional texto elaborado no comparativo do 'afinamento' interno do ser humano... Tem sido genial suas colocações, não sei se são escritos frescos ou algo que ja tem guardado, mas pela sequencia usada demonstra uma superação a cada post. Parabéns!

    Não é fita tá, é o que eu penso mesmo, sou muito pratica e direta...
    Mas sei falar serio, viu!! rs

    bjs meus e de Lívia

    ResponderExcluir
  22. Nossa vida é assim mesmo, às vezes perdemos a sintonia das coisas, mas assim como o violão precisamos ser afinados aos poucos e com paciência... e isso é questão de tempo para melhorar.
    Um beijo GRANDEEEE!!!

    ResponderExcluir
  23. Meire querida!
    Há muitos anos, eu tentei aprender a tocar violão. Desisti! Achei muito difícil.rs
    Adoro música e até canto um pouco, mas não tenho nenhum talento pra instrumentos.
    Sua amizade me faz mais feliz!
    Suas visitas aos meus blogs tornam o meu dia bem melhor!
    Acompanhe as atualizações dos meus 28 blogs aqui: http://blogsdasoniasilvino.blogspot.com e aqui blogsdasoniasilvino2.blogspot.com
    Beijos meus, muuuuitos!

    ResponderExcluir
  24. Minha bonequinha de porcelana!
    vc chegou até a mim,com suas cordas do violão mais afinadas,tocando a música mais linda que floresceu meus sonhos,e hj vc já faz parte das cordas do meu coração...que toca em harmonia...
    Bjs para aquecer tua noite!

    ResponderExcluir
  25. Olá, Meire. Vc é uma linda flor!Como a música está sempre afinada. Lindo amiga!Obrigada pelo seu carinho... beijinhos para ti com carinho.Tenha um lindo fim de semana!

    ResponderExcluir

Experienciar para poder conectar

É preciso sentir, é preciso pulsar. É preciso viver, experienciar. A vida implora a necessidade do mergulho em cada processo. Por...