sexta-feira, 24 de junho de 2011

Um dia elas caem





Você passa a cola nela, daquela melhor que tem, aí gruda bem. Todos os dias você a ajeita da forma que deseja, mais para esquerda ou para a direita, sai pela rua com ela. Mas por mais cola que você passe e ela fique firme no meio do caminho pode acontecer um tropeço e ela cair. Sua máscara um dia vai sair rolando e se sua personalidade for feia, ela irá aparecer cinzenta do jeito que é para quem quiser ver. Não adianta nem tentar pregar, a verdade  limpa mesmo que cinza vai prevalecer cedo ou tarde então é mais bonito e digno que sejas você. No meio do caminho tem uma bruxa? Não precisa vestir uma máscara de bruxa para parecer com ela. Mentiras um dia rolam pelo ralo, esgoto a baixo, vão para o lugar de onde nunca deviam ter saído e a verdade limpa é a que reina. Sei que por questão de sobrevivência precisamos usar umas máscaras, mas opte pelas leves, aquelas que tem apenas um sorriso no meio, já é o suficiente, pois mais que isso você periga se perder nela e não se achar mais.


Mostre sua verdadeira face,
tire essa máscara, esse disfarce
Seja você quem for
mostre-se livre de qualquer temor.



®Meire




Natasha Bedingfield - Strip Me



20 comentários:

  1. Oi minha querida....

    que texto perfeito!!!!

    acho que deve ser complicado usar máscaras...me parece que deve dar trabalho...a cara limpa é tão mais fácil...

    obrigada pelo carinho e tb a lembrança...

    que bom que gosta da música...

    deixo um beijo com um montão de carinho...pra vc que eu amo!

    ResponderExcluir
  2. A máscara é um esconderijo perigoso. E porque temos que nos esconder? Nossas fraquezas, nossas belezas, nossas lágrimas, nosso sorriso... tudo parte de nós. Se não nos amam assim, outros amarão. Melhor que saber que os sentimentos
    que nutrem por nós não chegam ao âmago, estão voltados para a máscara.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Ninguém engana todo mundo o tempo todo, não é mesmo? Então, é bem melhor sermos nós mesmos. Belo texto, amiga!
    Beijos meus!

    ResponderExcluir
  4. Meire, minha querida amiga!
    Verdade mesmo, deve ser um pesadelo as pessoas que vivem com mascara e não se libertão dela de uma vez! Gosto de ser uma pessoa real, mascara... nem pensar, sou realista e gosto de ser quem sou e me amo muito.

    Beijão em teu coração.

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho paixão por seu estilo de escritos.
    Como poetizou extremamente bem, e de forma gostosa, esta "falha humana".

    Foi um dos meus maiores prazeres conhecer este blog.

    Abração.

    "Mostre sua verdadeira face,
    tire essa máscara, esse disfarce
    Seja você quem for
    mostre-se livre de qualquer temor."

    ResponderExcluir
  6. Com certeza, Meire, um dia ela cai.
    E o tombo pode ser muito feio. Antes de qualquer coisa, temos que nos aceitar como somos e tentar ao máximo buscar concertar aqueles pequenos defeitinhos que temos, mas sem esquecer que eles fazem parte do que somos.

    Um beijo, flor!

    ResponderExcluir
  7. As máscaras sempre caem!
    Ora ficam folgadas, oram muito justas, quando as usamos, de forma alguma são confortáveis. Incomoda, se torna um peso.
    Bela lembrança Meire!!
    Abração!!

    ResponderExcluir
  8. A única máscara que nao cai é a da verdade, as outras né, compotinha... vao por terra!

    Vim pegar meu selinho também, só me diga se é pro CaFoFo ou se é pro Style :)

    E a compotinha de figo nao apareceu mesmo no CP ontem né! snif!!

    Beijosss mil outra lindonona,

    **du bist eine schöne Frau!

    ResponderExcluir
  9. Com certeza não há máscaras que perdure.. em algum momento da travessia, o verdadeiro eu será descoberto.

    Um grande beijo em seu coração Meire!

    Verinha

    ResponderExcluir
  10. Tem selinho pra vc no meu Blog (:

    Beijoos!!

    http://momentosdapathy.blogspot.com/2011/06/200-seguidores.html

    ResponderExcluir
  11. Meiroca,
    Ninguém consegue representar por toda uma vida. Cedo ou tarde, as máscaras caem. Então porque não sermos autênticos?
    Não precisamos representar para sermos amados.
    Não devemos representar para enganar, pois o retorno é amargo.
    Mostrar a verdadeira face é lealdade para com o próprio ser.
    Beijokitas, queridíssima.

    ResponderExcluir
  12. Minha linda Compotinha,
    Mais um texto massa! Quando no final você alivia para se necessário usarmos só máscaras leves, acho que na verdade todos o fazemos. mas na realidade, costumo dizer que são papeis, que temos que forçosamente desempenhar dependendo das circunstâncias em que estamos envolvidos.
    Como disse a Cris, a máscara da verdade cai bem em todo o mundo, né, miga?
    Te amo muito, my sweet Meire!
    Vou correndo agora pegar o meu selinho, aqui, pra ver e ainda dá para postá-lo antes dos meus lindos chegarem!
    Bye, bye!

    ResponderExcluir
  13. Meiroca, depois que vc me falou do texto, fiquei curiosa pra ler, e não perdi por esperar.
    Adorei o que escreveu!
    Mas sabe, Meire...em alguns comentários que li no Pratododia e no seu texto... não acho que tenha máscara boa pra sobrevivência ou máscara necessária... meu conceito de máscara é outro...
    qdo sorrimos mesmo sem ter gostado de um presente, qdo alguém nos magoou e a gente olha pra ele e diz: "tudo bem", qdo agimos de uma forma no trabalho e fora dele soltamos a franga...rsrs...acho que isso não é ser mascarado, é ser diplomata, saber conviver em sociedade... não se pode levar tudo 8 ou 80... temos que ter jogo de cintura para algumas situações... mas não vejo isso como sendo máscara.
    Pra mim mascarado é aquele que fingi ser o que não é, aquele que dissumula, que mente, que na sua frente é uma coisa e qdo vc vira as costas é outra... aquele que fala mal das pessoas pra vc, e de repente vc o vê às gargalhadas com essa mesma pessoa...enfim...

    descobrir que alguém que a gente aprendeu a gostar não é o que a gente imaginava ser, é muito dolorido... e pior ainda é ser julgado da mesma maneira por simplesmente ter acreditado naquela pessoa... já tive experiências com mascarados pesados, por isso o texto que postei ontem.

    Coisas da vida né amiga...
    ainda bem que ainda existe gente do bem, que ama igual, que sente igual, que anda de cara limpa e não se esconde atrás de uma personalidade ordinária...

    Eu mesmo, tô longe de ser perfeita, mas assino embaixo de todos os meu atos!

    Acho que desabafei aqui, florzinha...rsrs
    Sorry!

    Obrigada pelo selinho!! tô levando já pro meu canto!

    Obrigada por irradiar luz no meu canto viu!
    Tenho vc grande no core!

    Bom final de semana!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  14. Acho que nos mascaramos por medo do que o outro vá pensar sobre nossa verdadeira face,onde escondem coisas triste,outras nem tão tristes,mas se somos essa essência,não devemos nos esconder,acredito que,quem se esconde engana a ti,não os outros.
    Lindo viu?
    Beijo,Linda Meire!

    ResponderExcluir
  15. " tira a máscara que cobre o seu rosto , se mostre e eu descubro seu eu gosto do seu verdadeiro jeito de ser , ninguém merece ser só mais um bonitinho rosto , nem transparecer .."(pitty) ,

    o problema é que as máscaras tbm escondem os nossos medos e os nossos fracassos .

    Beijos Linda , bom final de semana :)

    ResponderExcluir
  16. Eitaaaaaaaa,
    ooopsssssss,
    hum...
    Eu sou fake, não posso tirar
    a máscara agora, como faremos?

    Minha querida, espero que
    esteja aproveitando esses dias,
    com feriado e agora o final de semana!!!

    ResponderExcluir
  17. Usar máscaras é bem mais fácil. Bjos e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  18. Louvável...quando somos capazes de demonstrar quem realmente somos...sem máscaras...e isso me levou até vc!já te conhecia muito antes de vc saber que eu existia...por isso que meu carinho por ti é tão especial...te quero sempre assim...sem máscara...e essa casa tão cheirosa e tão arrumadinha que nem sinto vontade de voltar,rsrsrsrs,bjs menina linda!

    ResponderExcluir
  19. Ah e é tão mais leve e mais fácil ser autêntico né... sem fingimentos e principalmente sem dar muito importância para opinião alheia... cada um que pense o que quiser... sou o que sou e pronto, rs, adoro isso, rs, beijos.

    ResponderExcluir
  20. Querida Meire, acabei de ler o seu comentário lá no meu blog... realmente a dor de um amor perdido nos transforma em mulher e a marra.... eu bem sei disso há bastante tempo... Fico feliz que tenha gostado do meu blog também, assim como gostei do seu, beijos e um ótimo domingo pra vc tb!

    ResponderExcluir

Cartas de fora para dentro - carta 1

Já errei, briguei. Fui embora, mas voltei. Disse adeus, fui despedida, fui início. Fui temor e coragem. Já me pisei, me embalei, me enam...