sexta-feira, 10 de junho de 2011

Não é seu




Cada um de nós tem seu próprio fardo a carregar, seu saco de pedras. Seu bem, seu mal. Suas angústias, suas alegrias. Cada um sabe onde mais aperta e quando. E mesmo assim temos nossos momentos  'super herói' quando queremos colocar nossa capinha de Super Man ou Super Woman, sair voando e levar o saco de pedras das pessoas que amamos para bem longe, esquecendo que não temos super poderes e que também temos no nosso ombro nossas próprias pedras. Mas nossa teimosia é sempre maior. E lá estamos nós carregando dois sacos de pedra quando de repente caímos, nos machucamos com as pedras e elas todas se misturam e formam um monte  que não conseguimos mais sequer mover! E nossa capa de super-herói? E nossos super poderes? Cadê? Sumiram! É nesse instante que você se lembra da lição que sua mãe ensinou de não pegar o que não é seu. Mas você já estraçalhou suas pedras, a do outro e você ficou arrasado no meio dos cacos. Então, antes de bancar o super herói querendo carregar tudo nas costas, pare e pense o quanto de pedras você consegue carregar além das suas? Às vezes você até consegue ajudar com uma mão a carregar outro saco de pedra, ajudar a carregar e não carregar sozinho, tem um abismo de diferença aí e ele é que faz toda a diferença para levar uma vida light. 
Saiba lidar primeiro com seus problemas para poder ajudar quem quer que seja e pense sempre até que ponto você consegue suportar um peso. Respeite seus limites!



Dê um rumo mais harmonioso para melodia da vida.




®Meire

Stevie Nicks - Dreams

25 comentários:

  1. Quem não conhece seus abismos, quem não andou por caminhos mal-cheirosos, encontrou seus desalinhos, viveu seus precípicios, se percebeu na sua fraqueza e viu sua própria dor, e tb se perdoou, não conseguirá ser complacente ao outro que cruza nosso caminho...

    Lindo,Meire! Conhecer seu peso ajuda a poder lidar melhor com os outros.

    Bjaum

    ResponderExcluir
  2. Minha Flor Lilás!
    Dividir para somar, sempre!

    bj

    Catita

    ResponderExcluir
  3. Miga, corre trocar a música, acho você nao testou e ela nao tá tocando... tem algumas "the files is broken", try another one!

    ResponderExcluir
  4. Testei e todas estao broken, ah eu queria saber que música é essa hehe

    ResponderExcluir
  5. Miga, é bíblico isso, tá em Apocalipse 2:24 "Cada um deve carregar seu próprio fardo."
    Claro que o fato de tentarmos compreender o alheio, é uma atitude altruísta, mas nem sempre conseguimos carregar nem os nossos né, como você bem disse!!
    Eu fico muito feliz em ver uma girl-zinha como você tao bem encaminhada nas "linhas" da vida, amiga, teus pais, ou quem te "alinhou" devem ser pessoais muito bacanas. Isso fará de você ainda mais uma super woman no futuro, porque tudo aí dentro estará na estante certa, e isso só te trará felicidade!
    My baby sister :-)

    Ontem eu tava tao cansada quando te agradeci aquele coment, que esqueci de dizer pra você se cuidar, carregar sombrinha. Mas hoje é sexta e você tem feriado te esperando, eba!!!

    ResponderExcluir
  6. e é tão difícil conseguir separar esse peso... é tão difícil ver uma pessoas que amamos sofrendo e não querer receber suas dores todas para si mesmo...só para vê-las sorrir denovo...
    mas o que vc disse é muito certo Meiroca, precisamos nos cuidar primeiro antes de querer ajudar os outros...não podemos viver guardando nossas dores no bolso para sarar a dos outros...
    nada de egoísmo, apenas amor-próprio mesmo né...

    Um beijo lindona!
    Final de semana iluminado pra ti!!

    ResponderExcluir
  7. Meirinha..bacana este teu post.
    Antes eu era uma tristeza so. Todos viam me contar seus problemas, e eu acabava me envolvendo. Queria ir atras de solucoes que nao eram minhas. Achava que para ser amigo, tinha que sofrer junto.
    Mas a gente aprende. E eu frequento o Brahma Kumaris que e uma escola de meditacao e espiritulidade. La aprendi a ser mais feliz. Coloco em pratica alguns ensinamentos.
    Um deles, e nao carregar a dor do outro.
    Isso nao e ser egosita.
    E que cada um tem que ser responsavel por sus escolhas. E encontrar dentro de si forcas para resolver seus problemas. Faz parte do aprendizado de cada um.
    Pensa..
    Eu cuido de mim. Faco terapia, cuido da minha espiritualidade, colaboro com o universo da maneira que sei e posso. Faco as coisas para que eu me sinta bem. Invisto.
    Nao e justo pegar a dor do outro e sofrer junto.
    Ser solidario, sempre. Mas esta atitude nao e ser solidario.
    As pessoas muitas vezes por carencia, chegam em vc e derramam todos os seus problemas com uma lente de aumento. Depois elas q desabafam, elas ficam bem, e vc acaba por pegar a energia delas e ficar mal.'E justo.?
    Eu dei uma cortada nisso. Ate com pessoas muito proximas.
    Mas estou sempre prestes a ajudar no que realmente e preciso.
    Bjkas..to com preguica de sair da cama com um tantao de coisas a resolver.
    Vou cortar meu cabelo num cabelereiro novo..ebbba!! Feliz!

    Bj

    Ma..lindo dia vc vc, Meirinha!

    ResponderExcluir
  8. talvez seja esse um dos grandes motivos que as pessoas se doam mais para a tristeza e sentimentos ruins por aí,acham que tem de solucionar o teu,o da pessoa querida,do fulano,e se assim não conseguir surge o sentimento de fracasso...
    Antes de tudo nós,é o único ponto de partida que dá sentido as outras partes!
    Lindo texo.
    Meire,Minha querida,vim agradecer por tuas doces e abençoadas palavras no meu espaço,és uma pessoa muito querida e cheinha de ternura.Estava a pensar em desistir do blog,mas o carinho que recebo é gratificante e não tem como ficar sem.
    Que Deus te abençoe e te gratifique por isso!
    Um beijo enorme.

    ResponderExcluir
  9. E nossos limites são tantos e aparecem nas mais variadas formas.E qtas vezes não os respeitamos...beijos,lindo fds,chica

    ResponderExcluir
  10. Nossa profudo seu texto..
    acredito ainda que esse savo de pedras possa ser mais pesado em algumas situações..

    ps: se sua data de nascimento estiver certa lá em cima..temos a mesma idade rsrs..tbm nasci em 1988

    abraços...

    obrigada pelo carinho e volte sempre..

    ResponderExcluir
  11. Minha linda princesa ..
    Gostei muito da sua postagem concordo
    que devemos carregar nossos fardos sozinhos.Tem um porém bem grande no meio disso tudo no meu ponto de vista.Eu não consigo ver ninguém em situação dificil logo dou um geito de ajudar de forma discreta.
    Na verdade não podemos fechar nossos olhos a tudo que vemos.
    Eu acho que a solidariedade é tudo na vida de um ser humano.
    Como minha princesa posso ficar sem nenhuma tristeza diante da dor alheia.
    Um exemplo..Tem o blogueira poeta de Alma ela escreve muito hoje fiquei sabendo ,que,a 3 dias perdeu toda visão e esta alheia a tudo nesse Mundo.
    Eu estou é roxa por dentro ela mora em santos.
    Querida fiquei super feliz de ter gostado de ser homenageada a direita do blog tem um mimo para os homenageados e mimo de seguidores esta colocado perto dos seguidores.
    Um beijo carinhoso ,Evanir.

    ResponderExcluir
  12. qta sabedoria nas suas palavras querida....

    acredito que relmente é assim...devemos espeitar nossos LIMITES....

    obrigada pelas boas palavras..vc é bondosa e tb generosa...

    beijo e muito carinho pessoa linda!

    Zil

    ResponderExcluir
  13. É verdade.Todos nós temos uma cota de problemas para resolver.E isto já é o suficiente.Nossa solidariedade, apoio, carinho não deve ser maior a ponto de invadir a nossa vida.Em tudo deve haver um equilibrio.Isto se chama sabedoria.Belo texto Meire. Tenha um fim de semana luminoso.Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  14. Quando viajamos de avião, sempre somos avisados de que, em caso de despressurização, devemos colocar a máscara para depois ajudar os demais. E é uma grande verdade. Se não conseguimos levar nosso fardo, não devemos aumentá-lo com os que não nos pertencem. A verdadeira ajuda está em colaborar para que o outro consiga carregar o seu e não assumí-lo.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Com certeza Meire temos que saber colocar limites.. não podemos nos sobrecarregar com coisas que não nos pertence.. cada um tem sua própria trilha a seguir.. ajudar, é claro que podemos, mas não vivenciar o que não é nosso.

    Um beijo em seu coração e um ótimo fim de semana para você!

    Verinha

    ResponderExcluir
  16. É sempre bom termos antes a noção de nós mesmos para que, a partir daí, possamos ir a quem quer que seja.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  17. Olá Meire. Vim agradecer as palavras de incentivo deixadas no Arca no post de minha filha. Obrigada, amiga.
    O seu post está maravilhoso. É preciso primeiro, cuidar de nós mesmos, para depois, olhar os outros, pois ninguém pode dar aquilo que não tem. Beijos, amiga.

    ResponderExcluir
  18. Muitas vezes gostamos de carregar o fardo que não nos pertence, só sentimos o quanto é ruim quando nos ferramos! Gostei bastante da sua reflexão.

    ResponderExcluir
  19. As situações pelas quais temos que passar, são tão somente nossas, leves ou pesadas, nós é quem temos que dar um destino a elas! Lindo post minha querida, bom final de semana!

    ResponderExcluir
  20. cada um tem seu viver.. e seus limites..
    muito bom Meire..
    beijos querida e obrigada pelo carinho no Perfumes..
    te respondendo.. um pouco sim, mas passa.. tudo passa!

    ResponderExcluir
  21. Meire, lindeza de menina que adoro!

    Sacos de pedras! E quantos carregamos na vida?
    Não somos super heróis, nem nunca seremos.
    E sofrer a nossa dor, sofrer a dor do outro, é tão bonito.
    Mesmo que a gente não consiga carregar nossos próprios pesos, acredito que vem as mãos abençoadas que nos ajudam nessa estrada.
    E os sacos de pedras?
    Quando a gente não conseguir carregar, um amigo, um anjo de Deus ajuda a gente.
    Temos que estar BEM como nosso saco de pedras, para ajudar a quem precisa.

    Eu adoroooooooo seus posts Meire.

    Mostra maturidade nas provações que passamos pela vida.

    Um beijoooooo e um fim de semana lindoooooooo!

    ResponderExcluir
  22. Miga, adoooooooro essa música!!

    ResponderExcluir
  23. Minha linda Meiroca
    Sincronia again! Tudo o que vc escreveu aqui e que estou lendo só agora foi escrito pra mim (completamente convencida euzinha, né???)
    Mas, olha, a gente fica querendo carregar o fardo do mundo nas costas e acaba entrando numas deprês violentas.
    Nessas horas é que temos que ser egoístas e nos amarmos um pouquinho mais. Minha capa de super woman está desgastada. Quero ser uma mulher comum, que ri, que chora, que se emociona, que ama.
    Deixo pra você, que é o presente que deus me deu nesse século atual,um texto que acho que vi no Face, hoje. Espero que vc não o conheça, mas essa GENTE a que ele, o autor se refere, chama-se MEIRE, minha anja!
    "Da gente que eu gosto.
    Eu gosto de gente que vibra, que não tem de ser empurrada, que não tem de dizer que faça as coisas, mas que sabe o que tem que fazer e que faz. A gente que cultiva seus sonhos até que esses sonhos se apoderam de sua própria realidade.
    Eu gosto de gente com capacidade para assumir as conseqüências de suas ações, de gente que arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, que se permite, abandona os conselhos sensatos deixando as soluções nas mãos de Deus.
    Eu gosto de gente que é justa com sua gente e consigo mesma, da gente que agradece o novo dia, as coisas boas que existem em sua vida, que vive cada hora com bom animo dando o melhor de si, agradecido de estar vivo, de poder distribuir sorrisos, de oferecer suas mãos e ajudar generosamente sem esperar nada em troca.
    Eu gosto da gente capaz de me criticar construtivamente e de frente, mas sem me lastimar ou me ferir. Da gente que tem tato. Gosto da gente que possui sentido de justiça. A estes chamo de meus amigos.
    Eu gosto da gente que sabe a importância da alegria e a pratica. Da gente que por meio de piadas nos ensina a conceber a vida com humor. Da gente que nunca deixa de ser animada.
    Eu gosto de gente sincera e franca, capaz de se opor com argumentos razoáveis a qualquer decisão.
    Gosto de gente fiel e persistente, que no descansa quando se trata de alcançar objetivos e idéias.
    Eu gosto da gente de critério, a que não se envergonha em reconhecer que se equivocou ou que não sabe algo. De gente que, ao aceitar seus erros, se esforça genuinamente por não voltar a cometê-los. De gente que luta contra adversidades. Gosto de gente que busca soluções.
    Eu gosto da gente que pensa e medita internamente. De gente que valoriza seus semelhantes, não por um estereotipo social, nem como se apresentam. De gente que não julga, nem deixa que outros julguem. Gosta de gente que tem personalidade.
    Eu gosto da gente que é capaz de entender que o maior erro do ser humano é tentar arrancar da cabeça aquilo que não sai do coração.
    A sensibilidade, a coragem, a solidariedade, a bondade, o respeito, a tranqüilidade, os valores, a alegria, a humildade, a fé, a felicidade, o tato, a confiança, a esperança, o agradecimento, a sabedoria, os sonhos, o arrependimento, e o amor para com os demais e consigo próprio são coisas fundamentais para se chamar Gente.
    Com gente como essa, me comprometo, para o que seja, pelo resto de minha vida... já que, por tê-los junto de mim, me dou por bem retribuído.
    Impossível ganhar sem saber perder. Impossível andar sem saber cair. Impossível acertar sem saber errar. Impossível viver sem saber reviver. A glória não consiste em não cair nunca, mas em levantar-se todas as vezes que seja necessário. E isso é algo que muito pouca gente tem o privilegio de poder experimentar.
    Bem aventurados aqueles que já conseguiram receber com a mesma naturalidade o ganhar e o perder, o acerto e o erro, o triunfo e a derrota...( Mario Beneditti)
    P. S. No meu caso, essa gente que eu gosto se chama Meire!!!!!

    ResponderExcluir

Eu te convido a sentir

Hoje eu vim te convidar para fechar mais os olhos. E quando digo fechar mais os olhos é para internalizar mais, para sentir mais. E dar...