quinta-feira, 9 de junho de 2011

Isso tem nome




Hoje ela chegou cedo, fiz  um chá bem quente porque estava gelada de frio. Ela sentou ao meu lado e conversamos horas a fio, eu chorei, ela chorou comigo, segurou minha mão quando eu achei que fosse morrer de tanto que ela doía não só fora, mas dentro de mim.
Perguntei porque ela tinha que machucar tanto, ela disse que nem sempre é assim. Tem ocasiões em que ela não machuca muito, apenas faz alguns arranhões. Mas eu queria entendê-la, queria matá-la, queria mandá-la para bem longe do meu alcance onde ela não pudesse mais me ferir. Não queria dar minha face a bater, não mais. Eu queria de qualquer jeito me livrar dela, mas ela me abraçou e pude sentir meu coração trincar de tão gélido que ficou. Podia sentí-la em minhas entranhas, correndo no meu sangue. Achei que não ia mais suportar aquilo tudo que tinha se transformado num duelo. Já não tinha da onde tirar forças, quando num sobressalto peguei o telefone, disquei um número velho conhecido e num susto ela explodiu, virou pó na minha frente. Meu coração voltou a se acalmar e ficar bem quentinho ao som da voz do outro lado da linha. Dessa vez eu consegui me livrar da Saudade, mas sei que haverá vezes em que não terei para onde ligar e terei que recorrer a minhas lembranças, ao meu coração. Espero poder econtrar a força suficiente para vencer esses momentos.

"Acredito em saudade, sei o quanto uma ausência pode doer, provocar contração muscular e até náusea." Martha Medeiros

®Meire


Nickelback Never Gonna Be Alone



25 comentários:

  1. Nossa Meire que lindo, é triste, mas ao mesmo tempo é lindo...

    Boa quinta floor!

    ResponderExcluir
  2. Como dói a saudade! mas ela não conseguirá fazer mal se não deixá-la entrar. Impossível?? Não. Basta não remoer lembranças, acalentar inseguranças, e continuar seu caminho nas ausências.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Meiroca,
    Conforme mencionei em um post,a definição dada por uma menina à beira da morte foi a de que "a saudade é a dor que fica".
    Nada mais doloroso do que a saudade, mas se sentimos saudade é porque perdemos ou nos afastamos de algo que foi muito importante em nossas vidas .
    Acho que vale relembrar e "curtir" um pouco. Ela só não pode nos levar ao sofrimento excessivo, pois termina por nos fazer mal.
    Vamos seguindo adiante que com o tempo ela se suaviza.
    Beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  4. È bem isso, um misto de dor de alma e de corpo e não podemos fugir de nenhuma delas...

    Meire, obrigada pela companhia de sempre!

    Bjo

    ResponderExcluir
  5. Oi flor
    Saudades
    Obrigada pelas visitinhas
    Teu blog como sempre muito fofo
    bj

    ResponderExcluir
  6. Ah como entendo e já me acostumei com essa "amiga'... Bjo bebê!

    ResponderExcluir
  7. Meire...vc é uma flor em forma de gente. Adoro seus comentários, transbordando carinho em meu blog.
    E é carinho que vc recebe por ser assim, tão meiga. Lei do retorno.
    Saudade d´´oi sim.
    Eu tenho muitas saudades da minha vó que já se foi a algum tempo.
    Foi a pessoa que mais me ensinou na vida. E ela nem sabia ler e escrever..Quando eu mudar deste plano, será a primeira pessoa que vou procurar lá no Céu. Bom..acho que não tenho motivos para não estar lá..rs
    Um beijo querida...com saudades..
    Ma

    ResponderExcluir
  8. Linda e bem inspirada saudade aqui! beijos,chica

    ResponderExcluir
  9. Saudade...Às vezes é boa, em outras machuca fundo o coração da gente! Essas que machucam, passam...e algum dia serão apenas vagas lembranças...

    ResponderExcluir
  10. Achei lindo e poético o seu blog...Já estou te seguindo... Aproveito aqui prá te convidar a ler os meus post... Abraços poéticos...

    ResponderExcluir
  11. Meire maiga, careta que nada. Sou como você, exatamente. E só somos um pouco diferente hahah

    ResponderExcluir
  12. Saudades tem esse poder mesmo..dói..rs adorei o texto!! Boa quinta Meire =*

    ResponderExcluir
  13. De fato não é nada fácil lidarmos com esse sentimento..

    "A saudade é a nossa alma dizendo para onde ela quer voltar" (Rubem Alves)

    Beijocas super em seu coração Meire!

    Verinha

    ResponderExcluir
  14. Uau, florzinha de jasmim, você tem se mostrado uma verdadeira Martha Medeiros! A sensibilidade tá aguçada e as palavras estao fluindo e encantando!

    De tanto que a saudade doi, que invade em proporcoes iguais e de tao iguais que confortam. A única coisa boa que vem com a saudade, sao as boas lembranças...

    Amo aquela música You`ve Got a Friend, emplaque ela em sua vida também, quando precisar de um amigo. Só você mesmo doce girl.

    ResponderExcluir
  15. Quanta perfeição!!

    me deliciei lendo suas palavras,
    realmente a saudade dói, e pode no machucar muito!!
    mas é um sentimento que infelizmente não podemos conte-lo!

    beijos, e uma ótima noite!

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Doce Meiroca,
    teu coment foi uma partilha desse carinho que cresceu. Dizem os semelhantes se atraem, deve ser isso.
    Vocês tem coberto de alegria e carinho meus dias no Cris Style, nao tenho como agradecer, só ir ficando e emanando daqui todo o carinho por vocês também. Que essa blogosfera aproxime cada vez mais o encontro de almas e poesia, e muito amor emane desses encontros, como vem sendo com a gente. Ich liebe dich compotinha!

    Se eu quero o livro, você tem dúvidas? hehe Como disse a Milene num coment lá, sou sem cerimônia, como criança, que assume o que quer :-)

    Hoje você quer me matar né, fala sério!?

    ResponderExcluir
  18. Que palavras lindas!Juro que ao final da leitura meus olhos se encheram de lágrima...Ainda teve essa música que se encaixou perfeitamente no texto.Nós brasileiros nos orgulhamos de ter essa palavra "saudade" no nosso vocabulário, mas é tão ruim saber o que ela realmente significa...

    ResponderExcluir
  19. Princessmeire, :)
    Tenha pena de mim, amiga compotinha de caramelo. Todos os dias eu choro. Depois vou te mandar a conta do botox!!
    O engraçado é que fiquei numa espera ansiosa e silenciosa pra ver quem seria ELA. Na minha visionária mediocridade, no início, pensei que se tratasse de uma gatinha...rs... Mas, ingenuidade pura: era a danada da saudade que vem pra nos arrebatar e arrebentar.
    Meire, você tem alguma coleção de textos já escritos? Fico impressionada com essa facilidade de coordenar os sentimentos, as ações e os atores dentro de um poema. Mas, como disse Quintana, poema e poeta, você não tem que entender, tem que sentir.
    E eu sinto que você é uma linda princesa, resguardda em um lindo Castelo, à espera de um lindo Príncipe. Enquanto ele não vem, ao invés de bordar, tocar piano ou ler, você prefere escreverer esses versos que nos encantam e tocam até no fundo de nossas almas.
    Abençoada, Meire, te adoro, princesa!!!! Bitoquinhas de figo!!!

    ResponderExcluir
  20. Assunto de gente grande por aqui.. muito bom! Pena que só tenho 1,67 rs

    MAs seja sempre bem vinda la viu!

    Bj

    Cat

    ResponderExcluir
  21. É do feitio da saudade chegar sem pedir licença ou se quer avisar, é do feitio dela deixar corações encabulados e sem noção de que atitudes tomar... Que nada, de repente ela vai embora, ela dorme, mas as vezes ainda acorda...
    Lindo post, Meire!

    Tenhas um final de semana iluminado!
    Fiques com DEUS
    Beijos doces!

    ResponderExcluir
  22. Meirinha;;passei pra te dar boa noite..e agradecer por vc estar sempre por perto..viu?
    Bjkas
    Ma

    ResponderExcluir
  23. Meire, as saudades é assim.Só passa com a presença.Ah! concordo contigo: amar é bom demais.Eu sou assim, a vida me dá pancadas mais eu não desisto de amor.Obrigada pelas gentis visitinhas.Bjs

    ResponderExcluir
  24. Eita gosto musical bao esse!
    Posso ir ouvir música na tua casa????????

    ResponderExcluir
  25. Demorou miga! Chega mais, chega mais!! rsrs

    ResponderExcluir

Experienciar para poder conectar

É preciso sentir, é preciso pulsar. É preciso viver, experienciar. A vida implora a necessidade do mergulho em cada processo. Por...