quarta-feira, 29 de junho de 2011

Brincando de Amarelinha





Ouça o que você diz. Escolha bem suas palavras. Você brinca de Amarelinha e as palavras são  pedras atiradas que podem te levar ao CÉU ou ao INFERNO. Está em suas mãos escolher se vai brincar com uma pedra ou uma flor. E é você quem atira, portanto a responsabilidade é toda sua. E depois de atirar o que quer que seja você tem que pular no quadrado que a atirou e aí vamos ver se vai cambalear ou pular num quadrado diferente. Falar é isso, depois de dita a palavra não volta a fita e se atirar flores a resposta será flores, mas se atirou pedras, não espere que receba flores, pois não irá acontecer. Quando as palavras saem do pensamento para a boca e daí para fora num sopro temos  que sustentar o que falamos, então vemos o quão verdadeira é uma pessoa, pois o importante depois da palavra atirada é a atitude tomada. Dizem que atitude vale mais que as ditas cujas, mas tomar cuidado com o que fala também ajuda a mostrar quem você realmente é.

As palavras que saem da sua boca refletem o que corre dentro de ti, como pulsa os elementos em sua terna ou obscura imensidão interior.

®Meire

Cassia Eller - Palavras ao vento


31 comentários:

  1. Meire que post forte, lindo e certeiro, tou eu aqui as 2:12 da madruga me arrepiando!!!

    Desde que eu "me entendo por gente" que escuto minha mãe dizer: 'há poder em suas palavras', cuidado com o que vc fala! Realmente "o falar" é como um jogo de amarelinha, jogou a pedra tem que pisar, é melhor ter cuidado, pensar antes de falar e quando falar tem firmeza para pisar e assumir o que faz... Pulando, pulando se pode chegar ao céu ou a inferno... Tudo uma questão de sabedoria ou prudência.

    Uma metafora perfeita!

    ResponderExcluir
  2. para isso temos dois ouvidos e uma boca.. já dizia minha avó.
    o que falamos é o que somos..
    muito bom!
    beijos perfumados..

    ResponderExcluir
  3. Lindo e verdadeiro! Cuidado com as palavras! beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. As palavras são poderosas... ou levantam ou rebaixam uma pessoa... Somos responsáveis unicos pelas pessoas que nos rodeiam (Tu és eternamente responsável por aquilo que cativas) então, muitas vezes é preciso calar ao inves de proferir palavras que levem dor àlguem...

    Fazer o bem SEMPRE! até com as escolhas das palavras

    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Meire, esse texto me fez lembrar de quando eu era criança, e que, qdo eu aprontava alguma coisa eu preferia levar umas palmadas da minha mãe do que ouvir ela falando falando falando dando sermão...rsrs

    mas enfim, não é bem essa a essência do texto, mas me fez lembrar disso...rsrs

    realmente Meiroca, tem aquele famoso ditado de que o peixe morre pela boca né...as palavras refletem e muito o que guardamos por dentro...principalmente aquelas impensadas que dizemos de supetão e qdo percebemos, pronto, já foi...
    e algumas doem, doem muito e podem deixar marcas mais doloridas do que tapas...

    Como sempre tu arrasa, né florzinha!
    Adorei a alusão da amarelinha (céu e inferno)! Muito bom!!

    Beijo grande, lindezinha!!

    ResponderExcluir
  6. É,Querida Meire
    dizem que as pessoas às vezes esquecerão o que fizemos,mas nunca o que dissemos!
    Há palavras que fincam em nós,e torturam sempre que nos recordamos que ela está lá!
    Um beijo,Minha Flor!
    e um dia cheio de luz pra ti!

    ResponderExcluir
  7. Bom diaaaaaaa, Meire!!!

    Atitudes são sempre muito importante, minha flor! E as palavras, embora possuam significados únicos e completamente diferentes, deixam marca.

    É de suma importância saber onde está pisando,com quem está falando, e o que está falando. É, realmente, mito preciso tomar cuidado com o que fala. Às vezes uma simples palavra pode ferir seu coração e deixar um buraco enorme pela falta de carinho que essa palavra teve.

    Quando a gente atira uma pedra devemos ter uma percepção de onde ela poderá cair!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Meiroca,minha sweet friend and daughter

    Sábios conselhos dessa menina que cada dia está nos encantando mais.
    Adorei a analogia feita utilizando o Jogo da Amarelinha. Eu só tenho como destino o CÉU então todo o cuidado é pouco pra não jogar minhas palavras "ao vento" de forma desastrosa, e não querer assumir os prejuízos depois. É o que você alerta com muito carinho: depois da palavra atirada temos que considerar a atitude a ser tomada!
    Sabe, Meiroca, depois de muito apanhar, aprendi que tudo acaba caindo no conceito de Inteligência Emocional. Sem esse aprendizado a gente dá com o burros na água e há sempre pretensos amigos que ficam só te observando, torcendo pra vc escorregar e acabar ofendendo,sem querer, indistintamente as pessoas.
    Minha compotinha linda, amei de paixão o presente da Flor de Jasmim. O livro é um dos melhores que já li e está na minha lista de best selllers. Tenho certeza que ela vai amar a leitura.
    Amo Cássia Eller, essa braziliense hiper cheia de talento que tão cedo nos deixou.
    Estou pra postar um texto sobre sincronicidade, pois esse "trio calafrio" bate recordes quando o assunto é esse. Antes de ontem Flor de Jasmim discorreu sobre o Medo e hoje postei algo sobre os nossos medos. A "Menina que roubava livros" é o que eu daria pra vcs de presente (pra quem não o tivesse lido), e por aí vai...
    Te amo, minha doce pessoinha, dádiva de Deus, presente que abro todos os dias, e todos os dias sai da caixa diferente: sempre mais belo!!!!
    Bye!!! A gente se esncontra no melhor presente e no face!!!!

    ResponderExcluir
  9. Meire lindona!
    Nem vou dizer o post tá lindo pq eu digo isso em todos! Hahaha! Tu arrasa né, fazer o q??
    Mas achei ele forte, ao menos eu li com força. E digo por experiência própria que as palavras doem muito mais do q qualquer outra coisa. Porque por mais que as vezes saiam de forma intempestiva, elas refletem um pensamento, um sentimento. E isso não dá pra apagar.
    Tenho algumas coisinhas que me foram ditas que ficaram guardadinhas ali no cantinho do coração. Não dou bola pra elas, não enalteço, não cutuco, mas em alguns dias percebo o quanto elas vão influenciando em tudo que sou, mesmo que eu não queria que isso aconteça.
    Um beijo menina linda!

    ResponderExcluir
  10. Gostei da comparação. As palavras tem poder e podem mudar todo o rumo de qualquer ação. Bjos e bom dia querida

    ResponderExcluir
  11. Oi Meire,
    Sempre demonstrando, com simplicidade, o que todos devemos pensar, repensar e praticar.
    Devemos pensar muito antes de falar, principalmente nos momentos de cólera.
    A palavra, depois de pronunciada, já era. Já acalentou ou destruiu, já fez feliz ou distribuiu dor.
    Ainda que haja perdão, marcam para sempre o coração daquele que por ela foi ferido.
    Além do mais, a palavra tem muito poder. Ainda mais se pronunciadas com o coração.
    Beijo, minha linda.

    ResponderExcluir
  12. Um post muito bem dito e verdadeiro. É preciso ter cuidado com o que falamos e da maneira que falamos. Ter empatia eh tudo.
    Bjim, Meire!

    ResponderExcluir
  13. Muito bom o post, adorei *-*
    (Dificil comentar no seu blog, pois os posts são tão bonitos e as pessoas já falam tudo, mas enfim... rs)

    Beijo flor ;*

    ResponderExcluir
  14. Tem selinho pra vc no meu Blog (:

    Beijoos!!

    http://pathyoliver.blogspot.com/2011/06/500-seguidores-yupiiii.html

    ResponderExcluir
  15. Belo Texto!
    Nos faz refletir muito sobre palavras mal ditas ou ditas sem pensar...
    Muitas vezes machucamos as pessoas por agir por impulso.
    Amei o texto!
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi querida...mais uma vez seu texto tem luz própria...

    a palavra uma vez proferida não tem volta...é como á flecha atirada...

    tem um presente pra vc no páginas de lembranças...se gostar...

    fique bem e em paz...brilhando sempre!!!!!

    meu carinho e meu afeto!

    Zil

    ResponderExcluir
  17. Meire sempre arrasando!!
    Concordo "A boca fala daquilo que o coração tá cheio" ... aprendi dps d mtas quedas q palavras ditas jamais são devolvidas p boca... amei o texto!! =**

    ResponderExcluir
  18. Uma das coisas que não se pode voltar atrás...a palavra depois de proferida.
    "...Tú te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas..."
    essa é a maior verdade...e vc hoje é responsável por nós que estamos sempre a aprender-te contigo...vc nos passa uma energia contagiante e nós capitamos sim .
    Vc é minha menina linda !!!
    Bjs para aquecer tuas noites de inverno...

    ResponderExcluir
  19. O mau beijo... e saudades Meire!!!

    AL

    ResponderExcluir
  20. Até brincar tem que ser com responsabilidade né compotinha, ou tá pensando que amarelinha é roxa? hihihi ai perdoai a brincadeira. Teu texto tá perfeito demais pra ser levado na brincadeira. Quantas vezes descuidamos do que falamos, e nem tivemos a intencao, só que como você disse, depois de atirada, esqueça. Por isso o lema tem que ser só palavras que sejam lindas, nem que você incorra em ser meio sentimental demais. Nao importa.

    Miga, que presentao o meu, hein! Tô segurando ele firme e forte , porque se depender de ciúmes do H. eu já estaria lendo em outras bandas. (nossa, que exagerada).

    Essa outra compotinha é um barato, os códigos mor dela sao muito funny. Só nóis mesmo. E fiquei curiosa já pra ver o texto da sincronia, como se já nao tivesse bastado os das 3 mosqueteiras lindonas :)

    Hoje o dia foi corrido, compotinha, mas antes de sair nao esqueci de publicar o meu presente!

    Durma bem e até amanha, anjinho de amiga!

    ResponderExcluir
  21. Meeeire mais que lindo hein. essa ultima frase, um arraso.

    ResponderExcluir
  22. Olá Meire. Adoro o que escreve. É de uma sensibilidade extrema. Realmente temos que ter cuidado não só com a palavra proferida, como também com nossas forma-pensamentos, pois atraem todas as vibrações, boas ou ruins. Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Oi, Meire!Que belo exemplo mostra esse texto.Se vc a tira pedra recebe pedra, se a tira flores recebe flores.Temos realmente que tomar cuidado com o que falamos, pois pode nos mostrar o que somos.Lindo amiga! Quero agradecer todo o seu carinho e generosidade para comigo.Muito e muito obrigada pela visita. Vc é muito especial...Bjokitas no seu coração....

    ResponderExcluir
  24. Ja diz o poeta que uma palavra pode salvar uma vida, mas uma palavra pode perder uma vida....


    bj

    ResponderExcluir
  25. Minha vó que mora no céu, dizia sempre:

    Deus nos deus dois ouvidos e uma boca, pra ouvir mais e falar menos.
    E a palavra atirada não volta mais.

    Palavras tbm tem que ter LUZ.

    Beijoooooo amadaaaaaaaaa!!!!

    E LUZ, tem de sobra aqui!

    ResponderExcluir
  26. Meire amada,
    Seu comentário em meu blog me emocionou. Obrigada, querida, pelo carinho que expressa em sua manifestação. Sua postagem me lembra um ditado que diz: palavras ditas e pedras atiradas não voltam atrás. Muitas vezes, até perdemos algum amigo, por dizer palavras que magoam, num momento de raiva ou desgosto. Precisamos, com certeza, policiar-nos mais para evitar que isso aconteça. Muito boa sua postagem. Adorei.
    Um beijo em seu coração.
    Maria Paraguassu.

    ResponderExcluir
  27. Oi menina...obrigada pelo carinho...vc é o que eu penso...

    não dispenso seu e-mail...se precisar...pode deixar...

    obrigada....DEUS abençõe vc!

    mil beijos!!!!!

    Zil

    ResponderExcluir
  28. Meire, que post diferente; confesso que fiquei um pouco assustado. É sempre tão angelical. -rs
    Mas, de qualquer forma, conseguiu transparecer seu talento.

    Sou "fãzaço" teu!

    Abração.

    ResponderExcluir
  29. Olá, Meire! Vi esse post lá no blog da Pandora e resolvi vir aqui conhecer o seu.

    No blog da Geyme(butique de ideias)tem uma frase lapidar e eu até a copiei para mim a esse respeito:(aprendizado, rsrs)

    "Às vezes é melhor ficar quieto e deixar que pensem que você é um idiota, do que abrir a boca e não deixar nenhuma dúvida!" Geyme

    Abração. paz e bem.

    ResponderExcluir
  30. Depois de ler seu texto" Brincando de Amarelinha", que por sinal amei, no blog da Pandora, não poderia deixar de passar por aqui para conhecer, e realmente valeu a pena.
    Falo muito mesmo, mas sempre pensando bem antes de falar, e sempre digo isso a meu filho, que é hiperativo e não filtra o que fala, despeja tudo e quando se arrepende já é tarde. Vou recomendar a leitura deste texto pra ele, acho que o ajudará a refletir sobre o assunto de uma maneira divertida, através da sua brilhante comparação da fala com ao jogo de amarelinha.Parabéns!

    ResponderExcluir
  31. Também vim do blog da Pandora dizer que gostei muito do seu texto, é uma verdade absoluta!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...