sexta-feira, 20 de maio de 2011

Não há quem...



Não há quem não feche os olhos ao cantar a música favorita.
Não há quem não feche os olhos ao beijar, não há quem não feche os olhos ao abraçar.
Fechamos os olhos para garantir a memória da memória.
É ali que a vida entra e perdura, naquela escuridão mínima, no avesso das pálpebras.
Concentramo-nos para segurar a dispersão, para segurar a barca ao calor do remo.
O rosto é uma estrutura perfeita do silêncio. Os cílios se mexem como pedais da memória.
Experimenta-se uma vez mais aquilo que não era possível.
Viver é boiar, recordar é nadar.



Fabrício Carpinejar

10 comentários:

  1. "Fechamos os olhos para garantir a memória da memória."
    Fabrício escreve com a alma.
    Adorei.

    ResponderExcluir
  2. Meire. Lindo texto. "Fechamos os olhos para garantir a memória da memória." Perfeito!. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Muito real. Sempre me identifico aqui.
    Grata!

    bj

    ResponderExcluir
  4. Meire, tão verdadeiro, quando fechamos os olhos é quando sentimos profundamento o instante em nossa alma e queremos deixar registrado em nossa memória, como diz Fabrico, para garantir a memória... e somente quando vivenciamos esses momentos éque podemos ter certeza que vivemos e não sonhamos... Abraços e um lindo fim de semana pra ti. Giovanna

    ResponderExcluir
  5. olá flor!
    muito prazer!

    estive passeando e adorei seu blog e já estou seguindo.

    Me faz uma visitinha também!

    beijinhos


    www.aylabee.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Carpinejar é o CARA!

    Adoro os escritos dele.

    Belo post.

    Beijão Meire querida!

    ResponderExcluir
  7. Parece que "fechar os olhos" dá uma continuidade boa daquela sensação confortável quando estamos ouvindo Cold Play (kk), ou quando estamos dando um beijo delicioso... bem que viver poderia consistir em mais olhos fechados, sinal que estaríamos vivendo com mais intensidade os momentos que a vida nos oferece.

    Adorei tua visita logo cedo, antes de sair trabalhar, e eu também adoro Cold Play...

    Que teu sábado seja divertido mesmo trabalhando :-)

    Beijao

    ResponderExcluir
  8. De fato, Meire, quando fechamos os olhos sentimos mais intensamente os pormenores do momento que estamos vivenciando.
    Beijo e um final de semana com muita luz.

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde, querida amiga Meire.

    Nesses momentos, ao fecharmos os olhos, experimentamos o céu.

    Um grande abraço.
    Beijos com carinho.

    ResponderExcluir
  10. Olá
    Amei seu blog
    Muito verdadeiro
    Meu blog,pinturas da lu
    Vou amar sua vst
    Bjssss

    ResponderExcluir

Cartas de fora para dentro - carta 2

Quando pequena achava que só se nascia uma vez, mas quando cresci descobri que temos muitas vidas em uma. Que é preciso subtrair o p...