sexta-feira, 13 de maio de 2011

A importância do sorriso




O sorriso não é o mesmo que o riso. Separa-os um fosso tão grande como o que separa as lágrimas silenciosas, diante de um desgosto, dos gritos histéricos e lancinantes de quem não sabe dominar-se. Bergson escreveu: “O riso é algo que irrompe num estrondo e vai retumbando como o trovão na montanha, num eco que, no entanto, não chega ao infinito”. O sorriso, pelo contrário é silencioso como chuva mansa que cai e fertiliza a terra ou como brisa suave que acaricia e refresca o rosto. Enquanto o riso é extroversão, o sorriso desvenda delicadamente o interior de quem sorri.
O poder do sorriso é grande, e saber sorrir é algo de muito importante. Antoine de Saint-Exupéry diz: “No momento em que sorrimos para alguém, descobrimo-lo como pessoa, e a resposta do seu sorriso quer dizer que nós também somos pessoa para ele”.
O sorriso traduz, geralmente, um estado de alma; é um convite a entrar na intimidade de alguém, a participar do que lhe vai no íntimo. É por isso que o homem é o único animal que sorri; e, como é dotado de inteligência e vontade, pode sorrir quando tudo vai bem ou sorrir mesmo que as coisas corram menos bem – tudo se resume na harmonia interior.
O sorriso é o que primeiro acontece quando um rapaz e uma rapariga se olham e se enamoram. Não sabem explicar por que se enamoram, mas é-lhes impossível deixar de sorrir um para o outro, num sorriso cúmplice de quem não precisa de palavras para dizer o que sente. Se o enamoramento continua vem a fase em que, juntos, acham graça a tudo, sem prestarem atenção a nada do que os rodeia. Então, por vezes o seu sorriso muda-se em riso estrondoso, mas cristalino manifestando toda a força da sua juventude. Se o enamoramento leva ao namoro e este ao amor que conduz ao casamento estável, então saber sorrir é fundamental para vencer o desgaste da rotina do dia a dia e para evitar o afastamento de dois seres que, vivendo muito perto, estão interiormente afastados – não estão em sintonia.
É pois muito importante saber sorrir. Um sorriso pode dissipar uma angústia, se for simpático, ou aumentá-la se for sarcástico; pode estimular um trabalho, se for de aprovação, ou desanimar quem trabalha se for cínico; pode criar uma amizade, se for sincero e transparente, ou um afastamento se for hipócrita; pode humilhar de modo irreversível se não for autêntico e espontâneo.
O sorriso pode ser um grande auxiliar na educação. Não o sorriso que pactua com a asneira, mas o sorriso que acompanha uma repreensão justa e que mostra ao visado que, apesar da dureza e firmeza da repreensão, há amizade e compreensão.
Sorrir, porém, pode ser uma tarefa difícil. A dor e o cansaço tornam, por vezes, o sorrir muito árduo. Se há fortaleza interior então há sorriso, mas dorido. Perguntaram um dia a uma doente em grande sofrimento: “Como te sentes?”. A resposta foi desconcertante: com um sorriso-dorido respondeu: “dói-me tudo”.
Mas como anda desvirtuado o sorriso! Será que podemos chamar sorriso o que vemos no rosto dos que assinam os “tratados de paz e cooperação”? Não, o que vemos não passa de um esgar.
E termino com uma frase que vinha num calendário de bolso que me deram: “Não critique, ajude; não grite, converse; não acuse, ampare e… não se irrite, sorria”.
(Maria Fernanda Barroca)

Foto: foi um dia em que eu participei da  Operação Sorriso, um dia mágico. Renan e eu.

6 comentários:

  1. Vou dizer pra você algo que sempre digo sobre o sorriso, aprendi com uma cigana, 'que uma mulher mesmo quando tem o coração sangrando tem que sorrir!' E concordo com ela... e com seu post então... endosso! Menina, que show de escreita você dá! E nos dá, porque eu me delicio nos seus textos...

    ResponderExcluir
  2. MEIRE,
    QUE TEXTO MARAVILHOSO E COMPLETO QUE VOCÊ ESCOLHEU PARA POSTAR.
    NÃO HÁ NADA A ACRESCENTAR A ELE.
    ME FEZ LEMBRAR DE UMA FRASE ANTIGA QUE USEI PARA MEU PAI NUM MOMENTO EM QUE ELE ESTAVA BEM CIRCUNSPECTO :"MAIS TRISTE QUE UM SORRISO TRISTE É A TRISTEZA DE NÃO SABER SORRIR".

    VOCÊ FICOU DIVERTIDA NA FOTO.

    BEIJO.

    ResponderExcluir
  3. Meire,
    Lindo o post.Para mim ele pode ser resumido no que Exupéry disse: “No momento em que sorrimos para alguém, descobrimo-lo como pessoa, e a resposta do seu sorriso quer dizer que nós também somos pessoa para ele”.Muito bom!
    Acho que qdo a gente sorri a nossa alma entra em estado de graça!
    Pois, é Meire, acho que o Blogger ocultou seu comentário mas vc conseguiu repetir sua essência. Linda essa tal de afinidade, que tem como irmã a empatia. Qdo cheguei aqui, sabia que esse canto era gostoso e sábio, de palavras "do bem", pra gente amar, pensar e refletir.
    Bora sair hoje à tarde e tomar um café regado às nossas conversas! Eu já topei!!(rsrsrs...).Gosto muito da sua presença nos meus blogs.
    Um fim de semana ensolarado e de muito amor pra você!Beijokas com muito carinho.

    ResponderExcluir
  4. um sorriso é muito importante no dia dia!
    quem não sorri,pode considerar um dia perdido! :)
    Mas infelizmente algumas riem,para não transparecer a realidade que escondem em teu ser,enganam a si mesmo!
    Desejo-lhe um fim de semana cheio de sorrisos sinceros viu?
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá amiga. Lindo texto sobre o sorriso. Sempre pensei desse jeito. Todos os dias, ao acordar e ao me olhar no espelho, dou um sorriso para o mundo. O dia fica mais leve. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. O sorriso faz milagres e isso é fato,comprovado
    Penso que por mais dificuldades e problemas que temos precisamos sorrir pq senao ai sim fica dificil enfrentar as dificuldades
    Um sorriso quebra qualquer barreira

    bj bj

    ResponderExcluir

Experienciar para poder conectar

É preciso sentir, é preciso pulsar. É preciso viver, experienciar. A vida implora a necessidade do mergulho em cada processo. Por...