sábado, 6 de novembro de 2010

Sampa, friends e um pedaço de bolo

        
                                                                  
Demorei pra vir falar da viagem, mas ai vai. Saímos daqui eu e Re na sexta a noite chegamos cedinho em Sampa. Fomos a casa da Márcita deixar as malas e tomar café da manhã com o famoso bolo de aveia que ela faz e eu adoro, diga-se de passagem. De lá fomos ao centro, rodamos, rodamos, rodamos, 25 de Março foreverrrrrrrr. Pegamos uma chuva no meio do caminho, tivemos que comprar aquelas capas plásticas que vendem para num tomarmos um banho lá. Em seguida fomos ao Museu da Língua Portuguesa, nos deliciamos com a exposição do Fernando Pessoa que eu gosto muito. Cara, e que saudades eu tava dos metrôs, andar de metro apesar de não ter paisagem é fenomenal. Almoçamos num restaurante perto da Estação da luz, onde eu já almocei quando fui lá uma outra vez, muito bom tbm. De lá voltamos para casa da Márcia porque eu tinha a peça a noite e precisava descansar. A noite fui a tão falado e comentada peça Simplesmente eu, Clarice Lispector que eu falei no post anterior. No domingo a Vivi foi pra lá encontar com a gente e fomos a pé até o shopping Paulista dar um rolé e curtir Sampa, e claro zuar um bocado. A noite fomos a um barzinho bom, tirando que o chop tinha quatro dedos de colarinho e a Vi fez voltar os dela com dois dedos. ahahah eu me divirto. Na segunda fomos ao Ibirapuera, tiramos fotos com os girassóis lindos de lá, aquele lugar é um sonho! E na terça ainda deu tempo de irmos ao Parque da Independência e voltar rapidinho pra pegar o bus pra Lins as 17 hrs. E cá estou, satisfeita por ter ído ver a peça que eu tanto queria. Ah e a Márcia me emprestou um livro que chama Correspondências, são cartas que escreveram para Clarice e que ela também escreveu. Terminei de ler hoje. Por incrível que pareça não comprei nenhum LP dessa vez, guardei o dimdim para comprar o livro Cartas perto do coração, são cartas trocadas entre a Clarice e o Fernando sabino, o livro que inspirou a Beth a querer fazer a peça. That's it for awhile. =)


Na foto, Vivi, Marcita, Re eu indo para o Ibirapuera.

2 comentários:

  1. Sampa é mara! com certeza, cultura, lazer e 25 de março.... rsrs

    Que bom que curtiu florziinha, good vibrations....

    love&peace...

    XXxxXx Bejus

    ResponderExcluir
  2. Ave, flor, estivemos na mesma cidade no mesmo fim de semana, não nos encontramos e voltamos com conclusões bastante diferenciadas... Você adorou e eu odiei... Acho que encaipirei de vez, nem parece que nasci lá... Tudo muito cinza, chuva, frio, céu nublado, povo muito apressado e a poluição visual característica da cidade: pixações horrendas... Aff...

    Mas deixando as lamentações de lado, te mandei um selinho, ó: http://tartharodoce.blogspot.com/2010/11/ihuuu-o-meu-1-selinho.html

    ResponderExcluir

Cartas de fora para dentro - carta 2

Quando pequena achava que só se nascia uma vez, mas quando cresci descobri que temos muitas vidas em uma. Que é preciso subtrair o p...