sábado, 20 de março de 2010

Razões desconhecidas

                                                                        
                   Talvez nascer seja difícil. Não sei, não me lembro. Mas estou ciente de que viver é. O estar vivo não é o bastante. Tem que se viver. É perturbador. Acredito que cada ser humano na face dessa Terra tão maluca faz o possível para não apenas existir, mas viver. E para isso é que lutamos dia-a-dia de nossa insignificante existência. Quando era criança eu achava que para ninguém esquecer de mim eu teria que entrar para a história. Teria que fazer algo gigantesco que alcançasse o mundo todo. Hoje vejo que não é bem por aí. Para não esquecerem de mim basta que eu consiga alcançar em cada pessoa aquilo que ela tem de mais lindo, onde ela guarda tudo o que lhe passa na alma; Tenho que alcançar o coração das pessoas. Isto é o que irá fazer com que elas lembrem-se de mim. Tocar o coração das pessoas não é uma tarefa simples e fácil. Eu falo por mim mesma; não deixo qualquer pessoa entrar em meu coração. Sou extremamente seletiva nesse ponto. Por um lado é bom, mas por outro não. Mas quem foi que disse  que é fácil compreender o próprio coração e suas razões?




2 comentários:

  1. Menina Linda!

    Não é fácil, mas é possível, aí reside o fascinio da Vida, das conquistas, das renuncias, e as vezes não conseguimos, mas isso não significa que falhamos, apenas não era para ser...
    Pense nisso.

    Beijo! ótimo texto para refletir.

    ResponderExcluir

Cartas de fora para dentro - carta 2

Quando pequena achava que só se nascia uma vez, mas quando cresci descobri que temos muitas vidas em uma. Que é preciso subtrair o p...